quarta-feira, setembro 12, 2012

POESIA


 Por que será que quanto mais carente fico eu, mais ainda lembro-me de você? Por que será?
Por que será que essa paixão insiste em visitar-me, em querer violentar-me, querendo instalar-se pra sempre em meu peito, partindo daí pra minha mente e todo o meu corpo que insiste em te querer pra sempre, em uma extensão que se mistura à comunicação, em uma dialética que insiste em querer dialogar mesmo sendo um paradoxo?
Por que será que te quero tanto assim? Não absolutamente pra mim, mas pra ti. Viver pra ti, e ser um com você, pra sempre...
Quem ousaria tentar silenciar esse grito que brada mais alto que qualquer criatura no cio do seu silêncio mais profundo incendiando tudo por dentro a ponto de fazer voltar o tempo? Quem vai ousar? Mesmo sabendo que sendo pó se desmanchará no ar, mas como vai, poderá voltar, porque pensamento.


Everaldo Cordeiro
Foto; Francileno Rego

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...