sexta-feira, setembro 14, 2012

RUÍDOS DO TEMPO...




Tudo está silêncio...
Ouço passos dispersos,
Vozes amedrontadas, temerosas,
Ruídos  inconsequentes.
Passos do tempo
Perambulam em meu espaço.
Atônito,  apressado,
O tempo  se aproxima...
Traz-me ecos de desespero.
Apesar dos gritos ásperos...
Não tenho medo.
E o tempo  vem
Trazendo  no sopro males súbitos
Ventania forte,  que  surpreende os tímpanos.
Quebrando a suavidade do meu  silêncio.
Roubando  a paz da minha emoção.
Segredos desfeitos.
No peito passeia
A breve  certeza da omissão.
Deixa a tona  antigas  “ verdades” de sentimentos vãos.
Tudo se confunde diante do inexplicável.
Em meio ao ruído do tempo...
A  liberdade vem anexa a verdade.
Alívio.
As mentiras são grades de espinhos
Que ferem e aprisionam o espirito e a alma.



Socorro Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...