quinta-feira, setembro 20, 2012

SAUDADE NOTURNA,,,


 A noite vai passando lenta, incômoda. O tempo parece estagnar.  O olhar se perde em meio a  escuridão. Nada consigo enxergar.  A lua deixou de brilhar, as estrelas estão tristes e não cintilam mais  no céu da poesia. Cada gota de sereno disfarça-se  entre as lágrimas que teimam em nublar o olhar perdido,  no vazio da infinita  solidão. A noite segue , enquanto o relógio se torna inimigo do tempo e parece imóvel sobre os ponteiros que não contam as horas, e o tempo vai consumindo  os poros, arrancando do peito  pedaços do coração. O silêncio é imenso e contém palavras que foram omitidas. Apesar de lenta a noite vai passando e logo vem a madrugada e o sono não vem. Na mente pensamentos se encontram,  ilusões se contrastam num cenário de dor e solidão. O frio consome. O coração agoniza, os pensamentos viajam... o dia amanhece e mais uma noite dormi mal.. Espera em vão.. e  mais uma vez você não veio  acalmar meu coração... oh solidão, e agora o que vou fazer sem esse amor?

Socorro Carvalho


Um comentário:

  1. Anônimo11:17 AM

    Essa é a mulher das letras!!
    Não tem hora e nem dia certo para inspirar poesias!! Tu cheiras poesia... Tu sentes poesia... Tu enxergas em tudo poesia...Tu sorris em poesia...Tu choras em poesia...
    Eita mulher arretada nas letras!!!

    Um abraço de alguém distante, mas perto em pensamento.
    Rô...

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

AH, ESSE AMOR!! AH, ESSE APEGO...

Ela tinha nos olhos um vislumbrar de esperança e no coração sentimentos inesquecíveis. Nas horas tristes escrevia novos versos. Li...