terça-feira, agosto 15, 2006

VIAGEM

No mar das minhas loucuras
Você é...
O barco da imaginação,
O vento que direciona,
O luar que cintila as águas,
O temporal que assusta,
O destino que me leva,
O salva vidas da solidão,
O porto seguro do meu coração.


No mar das minhas loucuras
Você é...
A onda bonita, infinita,
Que me faz flutuar
Viajar na louca maresia do seu amor.
Amor que me faz navegar
Nessa louca e ardente paixão.


Socorro Carvalho

FOLHAS AO VENTO





















O segredo do querer
Silencia a sofreguidão sufocada.
Despido de pudores
O olhar ignora a fantasia.
A tempestade que invade os poros
Deixa calmo o caule adormecido,
Sonolento desejo que se reprime.

Dúvidas entrelaçam os pensamentos
Como folhas ao vento.
Vejo passar diante de mim
A imensidão despeça das flores.

A voz sussurrada quase apagada
Chora o lamento do desejo esquecido.
O caule rígido, tenro, erguido...
É saudade!
No balançar da árvore ao vento
Folhas voam soltas ao tempo.

Como gotas de orvalho
Vejo teu pranto descer,
Molhando o rosto de tristeza .
Enquanto no chão
Caem lágrimas de solidão...

A tristeza adormecida
Dorme em silêncio dentro de mim.
Dúvidas atormentam o sentir
Vejo então,
Por entre os vãos dos meus dedos
As folhas do caule se perderem em meio
A ventania forte desse amor.



Socorro Carvalho

Postagens em destaque

VERSOS, PARA MEU NETO...

Um dia você chegou... Trouxe consigo o melhor verso. A brisa que acaricia, O vento que embala. Seu sorriso trouxe o alvorecer.   ...