quinta-feira, agosto 24, 2006

DESENHO DE DEUS


Desenho de Deus (Armandinho)



Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Na beira do mar Na beira do mar do amor
Na beira do marNa beira do mar do amor

Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Na beira do mar Na beira do mar do amor
Na beira do marNa beira do mar do amor


Papai do céu na hora de fazer você
Ele deve ter caprichado pra valer
Botou muita pureza no seu coração e a sua humildade fez chamar minha atenção tirou a sua voz do própolis do mel
E o teu sorriso lindo de algum lugar do céu e o resto deve ser beleza exterior mas o que tem por dentro para mim tem mais valor


Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Na beira do mar Na beira do mar do amor Na beira do mar
Na beira do mar do amor


Papai do céu na hora de fazer você
Ele deve ter caprichado pra valer
Botou muita pureza no seu coração e a sua humildade fez chamar minha atenção
Da estrela mais bonita o brilho desse olhar
Diamante verdadeiro sua palavra foi buscar e o resto deve ser beleza exterior mas o que tem por dentro para mim tem mais valor
Quando Deus te desenhou ele tava namorando


Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Na beira do mar Na beira do mar do amor Na beira do mar
Na beira do mar do amor



*Linda essa música, uma verdadeira mensagem de amor aos apaixonados.É poesia em forma de canção!
Nos faz viajar nos momentoss felizes da vida.Quando temos na vida um amor de verdade a pulsar acelerado em nossos corações.

NÃO ME ABANDONE



Pai!
Meus olhos nublados
Choram em dor.
Meu coração apertado é desconsolo.


Meio perdida
Não sei o que faço, nem aonde vou.
Meus passos estão sem direção.
Procuro aconchegar-me
Mas nada acalma minha dor.


No vazio da existência
Choro escondido minha tristeza.
Tento rezar, conversar com Deus
Mas não encontro palavras.
Tudo em mim está machucado.


As lágrimas da ingratidão
Molham minha face,
É o único desabafo do meu peito.
Sem alento, fico a pensar em ti.


Então vejo quanta falta você me faz
Quanta falta faz a sua autoridade.
Mas você se foi e eu fiquei só.
Hoje a incompreensão feriu meu ego, meu brio.
A ignorância agrediu minha paz.
Deixando meu peito abatido.


Nosso lar refugio do meu cansaço
Hoje é medo e aflição.
To com medo pai! Muito medo!
A insegurança me consome,
Não vejo outra saída.
Preciso deixar tudo, e ir embora.
Longe, tentar viver, esquecer.


Preciso apenas que vele por mim.
E do céu proteja meus caminhos.
Agora sinto um vazio tomar conta de todo meu ser.
Nenhuma amizade,
Nenhum carinho,
Consegue preencher essa angústia que dilacera meu ser.


Meu coração está ferido, magoado.
Mesmo que eu tente
Não consigo conter meu pranto.


Oh, pai!
Abençoa meus passos
Guia minha estrada.
Cuida de mim.


Não deixe jamais,
Que essa tristeza apague e consuma o brilho do meu viver.
Você é meu anjo de luz.
Por favor, pai!
Não me abandone.


Socorro Carvalho

Postagens em destaque

VERSOS, PARA MEU NETO...

Um dia você chegou... Trouxe consigo o melhor verso. A brisa que acaricia, O vento que embala. Seu sorriso trouxe o alvorecer.   ...