sexta-feira, agosto 25, 2006

NÃO GOSTO...


Não gosto
Quando em minha procura não consigo encontrar você.

Não gosto
Quando você foge da ousadia dos meus beijos.

Não gosto
Quando você me nega provar o sabor do seu suor.

Não gosto
Quando você se menospreza para me agradar.

Não gosto
Quando você sorri da minha raiva.

Não gosto
Quando você brinca com meu ciúme.

Não gosto
Quando você tenta dominar minhas mãos quando lhe abraço.

Não gosto
Quando você provoca meu desejo e vai embora.

Não gosto
Quando lhe vejo e tenho de disfarçar meu amor.

Não gosto
Quando entre as pessoas seu olhar me desnuda e não posso tocar você.

Não gosto
Quando você vem em meus sonhos e acordo na solidão.

Não gosto
Quando você displicente esquece de me dar notícias.

Não gosto
Quando você vem sensato em meu desatino desvairado.

Não gosto
Quando disfarça minha atenção para olhar no relógio.

Não gosto
Quando você carinhosamente me beija a boca e diz, preciso ir.

Não gosto...
Da despedida,
Porque ela sempre é o prenúncio
De que preciso esperar um novo dia
Para ter você, novamente,
Em meus braços.



Socorro Carvalho

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...