sábado, outubro 21, 2006

ACRÓSTICO



Ternura é sentir o amor pulsar no coração
E neste pulsar sentir a vida.


Admirar a beleza perfeita da natureza
Misteriosa magia que embriaga
Os sentidos e faz flutuar paixão.


Entre tantos encantos lá está você
Teimoso, estranho, misterioso...a
Envolver meus pensamentos de um jeito deslumbrante
Razão linda da minha singela poesia.
Não tem explicação a paz que sinto
Ao deitar-me em teu colo que me acalma
Meu anjo! Meu demônio! Meu menino!
Em você guardo o segredo do meu amor
Nunca senti nada igual, tão forte e tão verdadeiro.
Te amar é meu delírio, meu destino...
Emoção gostosa que flutua em meu sangue.


Mesmo proibido! Quero você em minha vida
Em cada instante do meu existir
União louca que me consome o peito.


Gostaria de poder lhe mostrar a vastidão inteira
Real e verdadeira do sentir que habita em mim.
Amor que inspira, anima, me faz prosseguir
Na estrada da razão que me conduz.
Deixa-me navegar no barco dos seus sonhos
E ancorar no porto feliz da sua realidade


Acredito em suas palavras, creio em seu amor!
Maravilhoso sentimento que me faz feliz.
O destino cruzou nossos caminhos, por isso meu amor
Regarei com carinho e paixão, para sempre, as flores lindas do nosso amor...


Socorro Carvalho

SAUDADE

Madrugada
O frio parece consumir meu corpo
Olho ao meu redor
Tudo está triste...Sem vida.


Não consigo dormir
As lembranças invadem meus pensamentos
As lágrimas nublam meu olhar.


No ar
O cheiro do seu corpo...Imaginário
Parece atormentar meus sentidos
Sua presença vem no silêncio
E se apossa do meu coração.


Loucura
Imaginação
Sozinha em meu quarto
Meu corpo...
É saudade.


Socorro Carvalho

Postagens em destaque

VERSOS, PARA MEU NETO...

Um dia você chegou... Trouxe consigo o melhor verso. A brisa que acaricia, O vento que embala. Seu sorriso trouxe o alvorecer.   ...