quarta-feira, novembro 29, 2006

MEU JEITO DE AMAR VOCÊ



Amo você de um jeito meigo
Como a docilidade das flores
Que jorram o néctar do amor
Em meu coração.

Amo você de um jeito lindo
Como beleza indescritível
De um crepúsculo
Cenário perfeito da minha poesia.

Amo você de um jeito gostoso
Como o sabor apeciável
Do meu fruto preferido
Que degusto feliz
Em minha boca.

Amo você de um jeito inocente
Como a candura de um recém-nascido,
Despido de malícia,
Alimentado de amor e revestido de pura inocência.

Amo você de um jeito radiante
Como os raios de sol
Que iluminam meu alvorecer
Trazendo calor
E esperança em meu novo dia.

Amo você de um jeito transparente
Como às águas cristalinas de uma fonte sem poluição
A saciar sede
No deserto da ilusão.

Amo você de um jeito dengoso
Como o carinho melindroso
De mãe a ninar o filho querido, nos braços.

Amo você de um jeito ardente
Como a chama quente
Do fogo em brasa
A queimar os poros da saudade.

Amo você de um jeito louco
Como o desvario
De uma grande paixão
Que alucina e faz fugir da realidade.

Amo você
De um jeito só meu
Com o sentimento mais nobre
Que minha existência já viveu.

Amo você
Sem medidas... Para sempre
Por toda minha vida.

Socorro Carvalho
*Para você!
Pela felicidade que me proporciona a cada dia!!

Postagens em destaque

UM POEMA PARA ÁMON

Há dez meses... Você chegou!!! Trouxe no riso o estro. No calor O mais lindo poema de amor. Tão pequeno, tão meigo. Porém, forte e...