sexta-feira, agosto 31, 2007

SABOR DE PECADO


A tua pele nua tem gosto de mel
Num degustar ardente, doce...
A Língua acaricia.
Sem timidez
Invade serena todo teu corpo.
Descobre mistérios, segredos teus.

O roçar gostoso da minha pele na tua
Excita
Acende nossos corpos de paixão.
No suor do teu corpo excitado
Escorrego vadia em teu delírio.


A seiva bruta
Derrama-se em deleite
Desce quente...
A molhar conceitos
Num saciar louco de desejo
Exótico querer
Provocante
Sabor de pecado.


Socorro Carvalho


Postagens em destaque

Em entrevista, o Poeta e Compositor santareno Renisson Luis Vasconcelos fala de sua arte e do amor que tem por Nossa Senhora da Conceição

Estamos na semana que antecede o Círio 2017 de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Santarém.  Uma semana intensa de preparativos ...