quarta-feira, março 19, 2008

A LOUCURA DA SUA LÍNGUA...


Em silêncio, você chega.
De um jeito sacana fica a me olhar
Cheio de carinho
Faz-me deitar em seu colo
Relaxo, me acho, me encaixo no seu abraço...
No toque delirante de suas mãos
Carícias cálidas,
Insinuam, provocam minha excitação...
Teimoso
Você me invade a emoção
Acende a chama do desejo
Faz enlouquecer minha razão.
Ensandecido...
Rouba minhas forças
E se faz louco a passear em meu corpo
Percorrendo cada centímetro de mim...
Para estacionar em meus mistérios mais íntimos
Sua boca maliciosa roça minha insanidade
Se faz tesão, alucinação...
Sua língua louca, quente
Arranca meus gritos e suspiros
Viajo então em seus delírios
Deixo você tomar conta de mim
Num desejo gostoso que não tem fim...


Socorro Carvalho

Humm!!
Delícia de inspiração...rsrs
Muito legal para ser sussurrada no ouvido
Num clima A2....kkkk

PRECISÃO

O que me tranquiliza é que tudo o que existe,
existe com uma precisão absoluta.
O que for do tamanho de uma cabeça de alfinete
não transborda nem uma fração de milímetro
além do tamanho de uma cabeça de alfinete.
Tudo o que existe é de uma grande exatidão.
Pena é que a maior parte do que existe
com essa exatidão
nos é tecnicamente invisível.
O bom é que a verdade chega a nós
como um sentido secreto das coisas.
Nós terminamos adivinhando, confusos,
a perfeição.




Clarice Lispector




Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...