sexta-feira, agosto 01, 2008

QUERO SOLTAR AS AMARRAS DO MEU CORAÇÃO...

Hoje quero soltar as amarras do meu coração,
Libertar meus temores e medos.
Quero soltar a voz dos meus segredos
E num grito extravasar esse amor que dilacera meu ser inteiro.

Quebrar o silêncio que atormenta meus sentidos
E soltar tudo que há calado dentro de mim.
Quero libertar meus versos e neles dizer seu nome
E sem precisar nada ocultar
Poder falar desse homem que é minha inspiração...

Hoje quero arrancar as algemas da razão
E libertar meu coração, viver a emoção...
A emoção de amar e acreditar que vale a pena
Vale a pena, se entregar aos sentimentos sem nenhuma condenação.

Quero rasgar as vestes da hipocrisia
Que veste de covardia essa sociedade bandida.
Libertar-me dos receios e medos
De falar deste grande amor que habita meu peito...
Hoje quero soltar as amarras do meu coração
E dizer ao mundo todo o quanto AMO VOCÊ.

Sem precisar me conter no vazio frio desse segredo...
Hoje quero deixar os devaneios
Para falar da realidade sofrida desse grande amor...
Mas as amarras da vida
Ainda prendem a liberação dos meus medos
De mostrar ao mundo a beleza deste amor.




Socorro Carvalho

Postagens em destaque

Em entrevista, o Poeta e Compositor santareno Renisson Luis Vasconcelos fala de sua arte e do amor que tem por Nossa Senhora da Conceição

Estamos na semana que antecede o Círio 2017 de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Santarém.  Uma semana intensa de preparativos ...