sexta-feira, agosto 15, 2008

PRA VOCÊ

Um cartão postal que gosto muito de olhar.
Cidade de Aveiro- no Rio Tapajós, no Pará.
O exuberante azul do céu a se contrastar com o lindo Rio Tapajós
Num azul infinito, bonito.
Belo verso em rimas
A banhar de encanto esse amor.
Assim como a mágica da poesia
Que se veste de magia para inspirar VOCÊ!


Bom dia!!


Amo Você!


Beijos!


Socorro Carvalho

AMIGOS DO PEITO...

São aqueles que sentimos afinidades
Que nos despertam saudades
Que conhecem a nossa realidade!
Amigos do peito
São aqueles que se tornam especiais
Que se fazem essenciais
Nos ouvindo quando necessitamos falar
Nos calando quando necessitamos ouvir
Nos estimulando quando pensamos em desistir
Nos amparando quando achamos que vamos cair!
Amigos verdadeiros do peito
São aqueles que se entristecem com nossas derrotas
Que se sentem felizes com as nossas vitórias
Que caminham lado a lado na mesma direção
Sempre nos impulsionando
Quando a vida parece perder a razão
Amigos do peito
São amigos queridos,
Jamais esquecidos
E mesmo quando ausentes
Eles se tornam presentes
Porque estão bem dentro do peito
No nosso coração
(Mônica Amélia)
O texto da Mônica diz, por mim, o que essas três pessoas merecem ouvir...
Vocês que são mais que especiais em minha vida.
São AMIGOS DO PEITO, bem dentro do meu coração!
Amo vocês, viuuuuu!
Beijos!
Socorro Carvalho


SONETO DO AMOR TOTAL


Amo-te tanto, meu amor...não cante
O humano coração com mais verdade...


Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.


Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.


Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.


Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.


E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais doque pude.


(Vinícius de Moraes)

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...