quinta-feira, outubro 02, 2008

MEU ANJO,AMADO!

De repente vejo nosso amor se perdendo
Nossos corações em desalento
As lágrimas molham meu rosto
Inundam-me de uma tristeza profunda
Uma lacuna no peito que não sei explicar
A falta do seu sorriso
A ausência da sua voz
Deixam minha vida sem sentido...
Nós tão juntos e agora tão distantes
Estamos em um suplício constante
Nossas bocas já não se encontram mais...
Apenas nossos pensamentos se cruzam
Perdidos na angústia de nossa procura
O destino cruel, invejoso, maquiavélico,
Com inveja de nós, da nossa felicidade.
Distanciou nossos caminhos
Calou nossa voz, apagou nossos sorrisos,
Afastou nosso abraço, distanciou nossos beijos.
Deixando-nos, assim...
Perdidos no vazio de nossos desejos.
Agora o silêncio é o único intermediário de nossa dor
Nosso olhar carente, nosso grito de amor, agora, sufocado...
Deixa-nos vestígios de saudade...
Uma saudade louca que faz de nós
Dois escravos da solidão...

Socorro Carvalho

Postagens em destaque

POEMA CABOCLO

Meu amor... Tem cor de alvorecer. Carícia de brisa das manhãs. Cor de pôr do sol. Aroma de cupuaçu... Sabor do bombom de muruc...