quarta-feira, janeiro 28, 2009

NÃO SEI...


Não sei se a vida é curta
ou longa demais para nós.


Mas sei que nada do que vivemos tem sentido,
Se não tocarmos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:

Colo que acolhe,

Braço que envolve,


Palavra que conforta,

Silêncio que respeita,

Alegria que contagia,

Lágrima que corre,

Olhar que acaricia,

Desejo que sacia,

Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo.

É o que dá sentido à vida.

É o que faz com que ela não seja nem curta,
nem longa demais.

Mas que seja intensa,
verdadeira e pura
Enquanto durar.



“Feliz aquele que transfere o que sabe ...
... e aprende o que ensina.”






Cora Coralina

NA VIDA...


Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito,
repetindo todos os dias os mesmos trajetos,
quem não muda de marca,
não arrisca vestir uma cor nova e não fala com quem não conhece .



Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.
Morre lentamente quem evita uma paixão,
quem prefere o escuro ao invés do claro e os pingos nos "is"
a um redemoinho de emoções, exatamente a que resgata o brilho nos olhos,
o sorriso nos lábios e coração ao tropeços.



Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho,
quem não arrisca o certo pelo incerto, para ir atrás de um sonho.




Morre lentamente quem não se permite, pelo menos uma vez na vida,
ouvir conselhos sensatos.




Morre lentamente quem não viaja, não lê, quem não ouve música,
quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da sua má sorte,
ou da chuva incessante.



Morre lentamente quem destrói seu amor próprio,
quem não se deixa ajudar.



Morre lentamente quem abandona um projeto antes de iniciá-lo,
nunca pergunta sobre um assunto que desconhece
e nem responde quando lhe perguntam sobre algo que sabe.



Evitemos a morte em suaves porções,
recordando sempre que estar vivo
exige um esforço muito maior que o simples ar que respiramos.


Somente com infinita paciência conseguiremos a verdadeira felicidade.



Pablo Neruda

TORNE-SE OCEANO


Curve-se diante da beleza da vida.
Respeite-a. Ame-a.
Cale a voz negativa.
Renda sua homenagem ao Criador de tudo.
Ele merece

Um poder infinito, um amor sem fronteiras, tudo fez.
Imagine-se dentro desse contexto maravilhoso.
Vibre com a vida.
Dobre-se diante da grande beleza.
O deslumbrante espetáculo da vida é construído pelo mesmo Deus
que habita em você.



Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano,
ele treme de medo.
Olha para trás, para toda a jornada:
os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso através das florestas,
através dos povoados, e vê a sua frente um oceano tão vasto
que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre.




Mas não há outra maneira.
O rio não pode voltar.
Ninguém pode voltar.
Voltar é impossível na existência.
Você pode apenas ir em frente.


O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entra no oceano
é que o medo desaparece, porque apenas então o rio saberá
que não se trata de desaparecer no oceano.
Mas tornar-se oceano.


Por um lado é desaparecimento e por outro lado é renascimento.
Assim somos nós.
Voltar é impossível na existência.
Você pode ir em frente e se arriscar .
Coragem!
Torne-se OCEANO!!!!



Osho

UM RUMO, UMA DIREÇÃO!!!


Talvez tudo o que você precise hoje é isso!!!
Uma porta que se abre e mostra um novo caminho,
talvez nem precise ser florido,
basta não ter tantos espinhos...


Mais do que prêmios ou sorte mirabolante,
precisamos de uma motivação em nós mesmos,
uma energia, uma disposição que arranque
essa vontade enorme de não fazer nada.




Antes de conquistar, queremos não desistir,
antes de amar, queremos sentir o amor,
antes do amor, queremos a paixão,
e antes da paixão, o tesão pela vida.



Essa alegria, esse desejo de transformar,
de pegar o que não nos agrada em nós mesmos
e recomeçar do zero, sendo um novo ser,
é o que mais sonhamos...

Renascer, recomeçar, refazer caminhos,
numa nova direção, num novo tempo,
tempo de viver a plenitude da vida,
ser feliz, amar e ser amado,
tudo tão simples e tão complicado!!!



Por isso, hoje não quero mais nada,
apenas uma porta aberta,
um novo dia, uma nova manhã,
um novo ser habitando em mim,
pronto para recomeçar, e ser feliz.
Simples assim...

Autoria Desconhecida

Postagens em destaque

POEMA CABOCLO

Meu amor... Tem cor de alvorecer. Carícia de brisa das manhãs. Cor de pôr do sol. Aroma de cupuaçu... Sabor do bombom de muruc...