sexta-feira, setembro 04, 2009

AMANHÃ...

Amanhã, é dia 05 de setembro de 2009.
E mais um dia, vou viver uma nova emoção, que vem se repetindo há alguns anos...
Desde que Pedro, meu filho, começou a estudar.
Primeiro foi logo no Pré Um.
Oh, Deus! Era só um pedacinho de gente, guiado pela professora.
Num pilotão só de piralhinhos de 3 a 5 anos de idade.
De farda oficial, que lindo!!
Foi assim, o primeiro desfile do Pedro, na vida de estudante.
E não posso omitir que ao vê-lo lá... todo lindo,me emocionei.
E admito, chorei!Chorei de emoção, mesmo.
Diferente de mim, Pedro gosta de participar do desfile da escola.
Primeiro na Caixinha do Saber, por 10 anos.
Na 4ª série, se inscreveu para fazer parte da banda da escola.
Fez os testes e foi aprovado.
E desde então, criou uma paixão, em participar da Banda.
Mas o tempo de escola na Caixinha acabou,
e Pedro teve que deixar sua amada escolinha.
Agora com 14 anos, um rapaz lindo, exuberante, encantador
e graças a Deus um filho Maravilhoso.
E em cada manhã, vejo como o tempo passou, depressa.
Agora, tinha de seguir para o Ensino Fundamental.
A procura por escola e de repente...
Pedro vai estudar no colégio mais apaixonante, de Santarém.
Nada mais nada menos, que Álvaro Adolfo da Silveira.
E lá, ele está, no Primeiro Ano do Ensino Médio.
A paixão pela Banda continua
e Pedro, está de novo, na Banda do Álvaro Adolfo.
E... lá estou eu ,de novo, gastando e gastando com farda e apretrechos
para arrumar o Pedro, pra sair na Banda, amanhã a noite na orla.
E cá estou eu, de novo, toda emocionada pra ver meu filho lindo na avenida.
Tocando na Banda , fazendo o que tanto gosta.
Claro, que não me amarro muito nisso, mas ele gosta , eu respeito.

Não tenho do reclamar.
Meu filho é um presente lindo que Deus me deu.
E eu sou grata a Deus, todos os dias pela vida dele.
É só um adolescente,
mais o Adolescente mais Maravilhoso do Mundo.
Ah, falar do Pedro é sempre uma emoção.

E lá vou eu...
Pra orla,
ver o meu filho descer, todo arrumado, lindo.
Contrastando com o luar
o seu brilho mágico que ilumina meus olhos.

Ah, sou coruja mesmo e daí?
E quem não é coruja com um filho tão lindo como o meu.

Até, terça-feira, dia 08.


Um ótimo final de semana e feriado.

Postagens em destaque

POEMA CABOCLO

Meu amor... Tem cor de alvorecer. Carícia de brisa das manhãs. Cor de pôr do sol. Aroma de cupuaçu... Sabor do bombom de muruc...