terça-feira, dezembro 15, 2009

HOJE...SÓ QUERO DEIXAR:



Às vezes a solidão emudece as palavras e a voz se cala...
E no silêncio,
Num canto qualquer a poesia adormece.
Socorro Carvalho


MENINO TRAQUINO


No remanso do seu corpo
Navega a poesia insana de um querer
No seu jeito bacana
Estampa um sorriso sacana
pra quem quiser ver...

Homem, às vezes, menino, de sorriso traquino.
Traduz-se entre sonhos loucos e quimeras bandidas...
Na voz um tanto rouca tem expressão arteira
Sem tréguas na boca, nem papas na língua.
Saliente, inteligente...
Lambe o sabor da vida
no doce gosto que se derrama do querer.


E sem culpas ou preconceitos...
Deleita-se em meio às grutas embriagadas de desejo.
No sonho mais louco...
Feito menino mergulha, fundo, entre loucos mistérios.
No corpo ardente, quente,
bebe contente o vinho do pecado.
E no êxtase embriaga - se entre delírios e devaneios.
Como um menino (mal criado)... traquino.



Socorro Carvalho




*Pela postagem do blog do Dudu hoje, dia 15 de dezembro é o aniversário dele.
Como sei que o Dudu gosta bastante dos versos que escrevo...
Escrevi esse poema em homenagem a ele.
Bem no estilo que ele gosta.
Parabéns Dudu!!! Você é o "inseto" mais inteligente que já conheci...kkkkk


Beijos


Sucesso


Socorro Carvalho



Na foto: Dudu Dourado (roubado do blog dele é claro)

Postagens em destaque

Em entrevista, o Poeta e Compositor santareno Renisson Luis Vasconcelos fala de sua arte e do amor que tem por Nossa Senhora da Conceição

Estamos na semana que antecede o Círio 2017 de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Santarém.  Uma semana intensa de preparativos ...