quinta-feira, abril 22, 2010

ALÔ SÍNTIAAAAA!!! PARABÉNS!!!!


SÍNTIA!!!
Neste Dia Especial, do seu Aniversário!!

Junto - me  a alegria de todas as pessoas que lhe querem bem
para levar até você meu carinho, respeito e amizade.

Quisera poder pegar o sol e dele tirar raios ardentes
para colocar nesta  mensagem
  para deixá-la ainda mais aquecida pela luz e calor  de minha amizade.
E assim, com o brilho do sol, em cada manhã,
pudesse aquecer seu sorriso e seu coração, renovando suas esperanças e sentimentos.

Quisera pode arrancar das flores o mais sublime perfume e derramar em cada palavra, e deixar perfumada cada frase.
Dessa forma em cada anoitecer você pudesse adormecer com o aroma das flores.

Quisera eu pode colher o brilho cintilante da lua e ladrilhar seu caminho...
Para que  cada passo seu
pudesse ser sempre inspirado na poesia do luar.

Quisera ser um pássaro pequeno de canto alegre e suave, 
para assim, voar até sua janela e nas horas de solidão,
cantar uma linda canção para alegrar seu coração.

Mas infelizmente, diante de tantos desejos abstratos
sinto-me impotente para concretizá-los.
Então, junto todos os meus desejos, e em oração agradeço a Deus pela sua existência e acima de tudo pelo seu carinho e amizade.
A você que é uma inspiração Divina e Única, com qualidades e defeitos,
mas uma pessoa linda e Especial, em meu coração!
Deixo-lhe de presente... todo meu carinho!!

Ao mesmo tempo, peço ao Deus da vida
que lhe abençoe com muito MAIS: Saúde, Paz, Amor, Fé e Felicidades!
Sem mais para lhe dizer...



FELIZ ANIVERSÁRIO!!!



Com carinho !!!!





Socorro Carvalho



* Síntia Campinas é nossa colega, Recepcionista da Rádio Rural, hoje está de aniversário. Por isso deixo, a ela,  meu carinho todo especial. Síntia, essa menina  simples,  mas que já me fez chorar  de emoção, no dia do meu aniversário. É isso Síntia, cada um faz do jeito que sabe. Se você faz tudo pra nos surpreender com mensagens fonadas eu expresso da minha forma, com palavras que saem de minh' alma!!Você é muito importante, para todos nós!!!! Saúde!!

BELO MONTE - APÓS LEILÃO, INDÍGENAS NÃO PARALISAM AS MANIFESTAÇÕES

Dois dias depois de a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizar o leilão da concessão para construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, povos indígenas da região do Xingu iniciam novos protestos. Em São José do Xingu, no Mato Grosso, indígenas Kayapó paralisaram a travessia de balsa que liga a cidade a outros municípios do estado e também do Pará. Por dia, cerca de 60 caminhões, 30 veículos de passeio e ônibus usam os serviços da embarcação.

Em ofício enviado ao coordenador substituto da Fundação Nacional do Índio (Funai), que no documento está idenfiticado apenas com o nome de Sebastião, as lideranças informam que caso o leilão de Belo Monte viesse a acontecer, ele paralisariam as balsas por tempo indeterminado. Eles também afirmam que o governo não respeita os direitos dos índios e quer leiloar Belo Monte de qualquer maneira. "Nós indígenas respeitamos os brancos, mas os brancos não querem nos respeitar", dizem na carta.

Em 2009 os indígenas já haviam paralisado a travessia, também em protesto contra Belo Monte, liderados por Raoni Metuktire.

Esta não é a única manifestação a se realizar pelos povos do Xingu. Mais de 25 famílias indígenas do povo Xikrin estão se encaminhando para a ilha denominada sítio Pimental, onde será construído o paredão da barragem da hidrelétrica de Belo Monte. Um ônibus com indígenas também deve sair hoje de Altamira e se encaminhar para o local. Os indígenas devem chegar à região amanhã, 23 de abril.


SEMANA DO ÍNDIO

Em carta publicada pelo jornal Valor Econômico, indígenas se colocam contra a usina. "Não aceitamos a hidrelétrica de Belo Monte porque entendemos que ela só vai trazer mais destruição para nossa região. Não estamos pensando só no local onde querem construir a barragem, mas em toda a destruição que a barragem pode trazer no futuro: mais empresas, mais fazendas, mais invasões de terra, mais conflitos e mais barragem depois. Do jeito que o homem branco está fazendo, tudo será destruído muito rápido. Nós perguntamos: o que mais o governo quer? Pra que mais energia com tanta destruição?", declaram na carta.

Eles também ressaltam que o leilão foi um grande desrespeito por parte do governo. "Um exemplo dessa falta de respeito é marcar o leilão de Belo Monte na semana dos povos indígenas", ressaltam. Ao final da carta, eles afirmam que estão fortez e prontos para lutar contra Belo Monte. A carta é assinada pelas lideranças cacique Bet Kamati Kayapó, cacique Raoni Kayapó e Yakareti Juruna.


Fonte: CIMI

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...