quinta-feira, setembro 30, 2010

AO MEU PROFUNDO AMOR

Meu profundo desejo
Em teu coração sempre ter lugar
Ter sempre o teu doce beijo
E em teus sonhos poder reinar.

Estar contigo é sempre uma excitação
Uma linda e intensa emoção.
Todo o tempo quero a tua mão.
A ti dei-te o meu coração.
Amor, o que precisas que eu faça,
Para eu, para sempre, ter a tua atenção!?

Amor, por ti eu esperaria,
Até toda uma eternidade.
Minha vida sem ti seria,
Viver numa enfermidade.

(Antonio Da Maia – Portugal/Janeiro/2010)


* Esse poema é de autoria do Antonio esposo da minha amiga Rô Almada.
Advinha quem foi a inspiração dele?rsrs
Lindo poema!!

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...