sexta-feira, agosto 26, 2011

AUSÊNCIA


A xícara vazia,
As pétalas caídas.
Amarelas, brancas.
Resquícios, apenas.
É a tua falta.
Carência de quem está sempre ao lado.
Eu e você:
presença ausente. ausência presente.
Quando você não vem é a xícara que quebra
o vazio me nega o pensar.

        Neucivaldo Moreira _ Poeta  santareno


Postagens em destaque

POEMA CABOCLO

Meu amor... Tem cor de alvorecer. Carícia de brisa das manhãs. Cor de pôr do sol. Aroma de cupuaçu... Sabor do bombom de muruc...