quarta-feira, setembro 05, 2012

DESTEMIDO, CHICÃO RACHOU O PSB E GARANTE QUE VON É UMA AMEAÇA AO MAIOR SONHO DOS SANTARENOS



CHICÃO: “PSDB É O PRINCIPAL INIMIGO DO ESTADO DO TAPAJÓS”

Por Marcus Vinícius - Jornal Cidade

A menos de quarenta e cinco dias para as eleições municipais deste ano, que acontece no dia 07 de outubro próximo, o advogado Francisco Lopes, o “Chicão” declara que o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), liderado em Santarém pelo deputado estadual Alexandre Von, se consolida como uma ameaça a criação do Estado do Tapajós.

Mesmo filiado ao PSB, o qual pertence a coligação de Von, o advogado e militante a favor do Estado do Tapajós, Francisco Lopes disse que aderiu a campanha da professora Lucineide Pinheiro (PT) e não ao grupo do PSDB, por acreditar na vitória e na continuação da luta pela criação da nova unidade administrativa.

“Vou apenas esperar passar as eleições para eu sair do PSB e me filiar em outro partido que não faça oposição ao Estado do Tapajós”, afirma Chicão.

Para Francisco Lopes, a luta pela criação do Estado do Tapajós, consolidada com a realização do plebiscito de 11 de dezembro de 2011, mexeu com os inegociáveis, formado pelo governador Simão Jatene e sua turma do PSDB, entre eles, o deputado federal Zenaldo Coutinho e o candidato a prefeitura de Santarém, Alexandre Von.

“Estávamos lutando em torno do Tapajós de uma forma respeitosa com a população santarena, porque a luta pelo novo estado é o capital popular. Isso deve ter mexido com os inegociáveis. Sabemos que existem outros interesses políticos e que infelizmente as pessoas que defendem o mesmo projeto do governador Simão Jatene tem se colocado na contramão”, declara Chicão, reafirmando que o governador Simão Jatene é o maior opositor do projeto de criação do Estado do Tapajós, juntamente com todos que compartilham do seu governo. Continue lendo...

AVALIAÇÃO – Francisco Lopes acredita que nestas eleições os santarenos, os quais vivem numa cidade universitária, vão saber avaliar e diferenciar os candidatos que são a favor e contra o Estado do Tapajós. “Se nós passarmos pela amarga experiência de colocar o PSDB na Prefeitura de Santarém, vamos ter a comprovação de que o Estado do Tapajós vai continuar enterrado pelos aliados de Simão Jatene”, avisa.
Segundo ele, o PSDB do Estado, liderados pelo deputado federal Zenaldo Coutinho, atual candidato a prefeitura de Belém e o governador Simão Jatene, foi o principal causador de revolta e indignação da população do Oeste do Pará. “Eles são os maiores inimigos da nossa luta. Eles sempre buscaram travar a luta usando a própria máquina pública do Pará, que é movida pelos impostos que a população paga”, observa.

AMEAÇA - Toda e qualquer aliança com o governador Simão Jatene, segundo Francisco Lopes, se consolida como uma grande ameaça ao Estado do Tapajós. Para ele, a ideia de que o PSDB possa vencer as eleições em outubro em Santarém, lhe causa temor. “Isso me causa um temor sobre uma possível depressão que Santarém venha a viver, caso o PSDB ganhe as eleições no Município”, alerta.

Chicão avisa ainda que as forças de luta pela criação do Estado do Tapajós podem ser minimizadas, caso o governador Simão Jatene consiga colocar pessoas de sua confiança nas cidades estratégicas, como Santarém, por meio do deputado estadual Alexandre Von, ambos do PSDB. (Jornal Cidade)

Postagens em destaque

UM POEMA PARA ÁMON

Há dez meses... Você chegou!!! Trouxe no riso o estro. No calor O mais lindo poema de amor. Tão pequeno, tão meigo. Porém, forte e...