quarta-feira, janeiro 16, 2013

VALEU TIO MIRANDA!! DESCANSE EM PAZ.



Neste momento fico em silêncio...Nenhuma palavra que eu diga será suficiente para calar a dor ou preencher a lacuna que estou sentindo neste instante . E  de repente, só quero  em pensamentos e orações  me juntar a minha tia Isabel e aos meus primos (as) Ana Isabel, Francisco Sérgio , Maria Elizia, Danilo Angelim e Idalino Tapajós, eles que hoje  tiveram  que se despedir eternamente   do maridão e papaizinho  deles , o velho Miranda, o  grande  pai, amigo... o tio Miranda.

Puxa, vida! Imagino e sei muito bem a experiência de vivenciar esse momento tão triste, que é a despedida  do pai que  vai para a vida eterna. Passei por isso há 18 anos e até hoje tudo ainda está muito presente em minha memória. 

Tio Miranda também era um paizão. O coroa, o velho, o negão, o Miranda da Bel. Organizado, era bastante... herança herdada das muitas décadas na Polícia Militar, atualmente era Cabo aposentado, mas sempre mantinha aquele regime bem conceituado dentro de casa com  a família. 

Junto dos filhos se divertia, brincava, fazia graça e tudo era sempre uma festa. No entanto, um pai autêntico e em especial nos cuidados de um pai dedicado. Era o velho Cabo Miranda, amado e respeitado. Ele que um dia , viajando pelo Tapajós, se apaixonou e por uma tapajoara se encantou e com a cabocla se enamorou e até com ela se casou, ainda com ela teve 05 filhos,  lindos e inteligentes. 

E assim era o tio Miranda, aquele cara que  gostava de reunir a família e os amigos para almoços muito bem organizados e fartos . Cozinheiro de mão cheia, de vez em quando colocava as mãos na massa e preparava pratos deliciosos. Certamente o Cabo Miranda das muitas festas de Julho,  em Vista Alegre, do Tapajós e sem dúvidas, neste momento, já está eternizado na memória de cada um e cada uma que  teve a alegria de conviver com ele. 

Guardarei para sempre  as lembranças, também, das festas,  quando o via dançando bolero pelo salão e algumas das músicas  que admirava ver ele dançando era Perfume da Banda Os Hiipies  cantada na voz maravilhosa de Ray Brito. Outra música também dos Hippies que ele muito tocava, na época, era Amor Tão Forte – na voz de Odilson Matos, tema do amor deles, que vovó não aprovava... ( por motivos que não convém relatar), mas depois ele reverteu o quadro e se transformou em um dos genros mais presente na vida da dona Augusta, minha vó.  Faz muito tempo tudo  isso, eu ainda era uma menina, mas achava lindo  eles dançando e aquele amor tão bonito... E é essa a lembrança que irei guardar tio, do senhor. Seu sorriso, suas brincadeiras e gargalhadas junto de nós. Descanse em Paz. 

Com carinho da sua sobrinha Lia como carinhosamente me chamava...

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...