terça-feira, outubro 01, 2013

CANÇÃO DE OUTONO...

Perdoa-me, folha seca,
não posso cuidar de ti.
Vim para amar neste mundo,
e até do amor me perdi.

(...)

Tu és a folha de outono  
voante pelo jardim.
Deixo-te a minha saudade
- a melhor parte de mim.


Cecília Meireles

SILÊNCIO DOS SENTIMENTOS...

 A tarde termina e nenhuma palavra consegue quebrar esse silêncio, que atormenta meus instantes. O sol se agasalha. Enquanto, cá neste peito,  um luar de  ansiedade  perambula por entre os devaneios ...


Socorro Carvalho

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...