segunda-feira, dezembro 19, 2016

"DE TODO AMOR QUE EU TENHO, METADE FOI TU QUE ME DEU..." 💜



Ê meu velho, gostaria que existissem palavras suficientes para que eu pudesse expressar meu amor e gratidão por você.

De qualquer maneira, usarei todas que conheço para tentar mostrar ao menos um pouquinho do que representas pra mim.

Para começar da maneira correta, irei iniciar agradecendo. Tenho muito pelo o quê ser grata!
Na ordem cronológica, obrigada por me proporcionar a honra e felicidade sem fim de ser sua filha. Por me carregar no colo nos meus primeiros dias de vida e até hoje. Ter seu sangue, seu DNA e um pouco do seu conhecimento ilimitado (Quem precisa de Google quando se tem você?) é uma tremenda sorte.

Obrigada por me ajudar a levantar quando era menorzinha (não que tenha crescido muito, e eu sei que você sempre vai me zoar por isso) e caía, ralava o joelho, com frequência machucava a boca, doía e eu chorava bastante mas a dor sempre ficava menor se eu estivesse no teu abraço.

Atualmente, se quebro a cara e consequentemente o coração, teu abraço ainda tem o mesmo efeito!
Obrigada por fazer da sua cama e de mamys, meu abrigo no meio da noite e me proteger de todo os horrores que um pesadelo pudesse me causar. Vocês são meu lar.

Obrigada por me fazer viajar muito. No início era bem difícil, fui bem dura com você. Não gostava de ser arrastada de uma cidade pra outra todo tempo... Que irônico, hoje eu peço pra isso acontecer! A nossa vida sempre foi uma loucura, sempre mudando de casa, de endereço. Quando toca aquela do Legião que diz: "Já morei em tanta casa que nem lembro mais... Eu moro com meus pais. ", a gente sempre se olha sorrindo com a certeza de que esse trecho define muito da nossa história até aqui!
Obrigada por aturar minha TPM diária, entender que cólica é uma dorzinha lazarenta e me livrar das louças nesse momento. 

Obrigada por ser meu protetor, meu herói, meu alicerce. Obrigada por me fazer ter discernimento, saber distinguir o certo do errado, o amigo falso do verdadeiro...

Obrigada por ser sempre tão paciente comigo, por me dá os ralhos necessários para o meu crescimento (hoje eu entendo), pelos melhores conselhos, o melhor carinho, por me mostrar do jeito mais doce, várias formas de encarar a realidade sem sofrer tanto.

Obrigada por me ver de um jeito muito melhor do que eu realmente sou.

Obrigada por entender que eu não vou ser freira como o senhor quer (😂😂😂) e que você ainda vai ter que cantar muito aquela música levemente ameaçadora para os meus pretendentes. Sabemos que tu morre de ciúmes de mim, e eu morro de ciúmes de tu (mamys não precisa nem gastar tempo com isso), mas que tu pare de proibir os encontros e me deixe namorar bastante.

Obrigada por fazer refeições maravilhosas de acordo com o meu gosto muito particular e restrições. Enquanto todo mundo é bom de boca, eu sou chata pra comer mas você sempre prepara comidas (divinas) com muito carinho pra mim e pra família toda. Principalmente, aquele feijão dos deuses.
De um modo geral, eu te agradeço por tudo, papis. Por me fazer gostar de música boa, fazer eu amar a literatura brasileira, as pessoas, o mundo. Obrigada por me ensinar a olhar tudo com mais calma, admiração, respeito. Obrigada por lembrar sempre que: A vida é feita de escolhas e toda ação tem uma reação. Logo, seus atos têm consequências e é mais do que sua obrigação enfrentrar de cabeça erguida cada uma delas. 

Obrigada por me amar veemente, posso sentir todo dia esse amor puro, de pai pra filha, de melhores amigos, de parceiros, com péssimos ou ótimos trocadilhos. Depende da sorte.

Obrigada por apoiar todos os meus sonhos, projetos, ideais, insanidades... Por comer todas as coisas horrorosas que eu faço na cozinha e dizer que é simplesmente a melhor receita do mundo, só pra me alegrar, mesmo quando todo mundo da casa disse aquilo que ficou verdadeiramente ruim! Kkk
Obrigada por ser o melhor pai que eu poderia ter, por suportar meu grude constante, adoro que tu se faz de durão mas se ferra comigo porque eu te encho de beijo. Ou vice-versa, e eu me ferro contigo porque vou toda carinhosa pro teu lado e tu diz: tô liso.

Eu te agradeço por tanta coisa, cara. Por todas às vezes que eu me espelhei em você e no seu caráter, humildade, inteligência, simplicidade, humanidade e honestidade. Que o cosmos colabore para que eu possa vir à me tornar pelo menos um terço do ser humano fantástico que tu és.

Você e minha mãe nunca fizeram o uso da agressão física para comigo ou meus irmãos mesmo quando nós talvez merecêssemos. Sempre admirei isso em vocês. Sabem do poder que a palavra possui e usaram disso lindamente. E a gente chorava na hora da bronca, pedindo pra levar um beliscão, porque o peso do que se era dito doía muito mais. Isso é incrível.

E agora, eu preciso me desculpar...

Pelas vezes em que eu não correspondi às suas expectativas, que te desapontei, decepcionei.
Desculpa por todas as raivas e dores de cabeça que já te causei. Sua "pequena rebelde" tem os nervos um pouco à flor da pele. Mas você já sabe disso, é claro.

Me esforçarei para ser motivo de orgulho para todos e principalmente, pra você.

Hoje não é seu aniversário, data comemorativa, dia dos pais, nem nada... Eu simplesmente tive uma vontade incontrolável de dizer que eu te amo!

Te amo mesmo me acordando 6hrs da manhã na base do grito e do barulho.
Te amo mesmo tirando fotos indescritivelmente feias da minha pessoa em sono profundo.
Te amo mesmo fazendo eu desmarcar encontros em cima da hora porque você simplesmente não quer deixar eu ir e isso é motivo suficiente para fazer com eu fique em casa.
Te amo mesmo você dando mais carinho pra Sophia e Maria do que pra mim.
Mesmo na correria do dia-a-dia, não dizendo isso com a frequência que gostaria e deveria: Eu te amo, pai... Mesmo por tudo, ou talvez por causa de tudo!
  
Gostaria de concluir esse "textinho" entre tantos outros que já escrevi sobre ti, com algo que li outro dia, falando assim: "Admiro tanto tu. Admiro tanto essas tuas andanças. Amo dividir a vida contigo, já te falei isso algumas vezes.
Tu é raro, te amo muito. "


Tu é meu orgulho. Quero só sorriso pra ti!

Com carinho,


Sua bufinha! 💙


Ruth Helena Lima Mota

AO ETERNO PALHAÇO MAGNÓLIO

Respeitável público!!!
Hoje não tem espetáculo...
Morreu o palhaço!!!
Santarém está de luto.
Grande mestre circense pereceu.
Égua!! 2016!!
O que aconteceu?
Ah, deixa pra lá...
Vai ver que tem festa no céu.
E Deus precisou dele para alegrar.
Fazer mágica, encantar etc...
Ensinar peripécias aos anjos, talvez!!!
Enfim, são tantas justificativas
Para tentar relevar essa ausência...
Prefiro guardar
As noites inesquecíveis de mágica
No palco do velho Relicário.
Mas tem muito MAIS que isso
Tem os ensinamentos que deixou,
Os frutos que semeou...
O amor que dedicou ao Tapajós.
Por isso, também, será lembrado.
Mas não irei ficar triste!
A tristeza não combina
Com as cores de toda aquela alegria.
Égua, Magnólio!!
Não posso mais dizer nada,
Antes que que eu chore,
Por favor, fechem as cortinas...
APLAUSOS!!!


Socorro Carvalho

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...