sexta-feira, fevereiro 23, 2007

NÃO IMPORTA O IDIOMA ...


"O verdadeiro amor é exigente,

implacável,

e,

ao mesmo tempo,

infinitamente delicado."

Anônimo

A AMAZÔNIA



Com relação à realidade da Amazônia, ora se privilegia a natureza, de riqueza e diversidade.
Ora se foca o desenvolvimento, centrando-se no aspecto econômico, em função da transformação de suas riquezasem mercadorias.

A CF-2007 destacará os povos da Amazônia, sua presença, sua maneira de viver e conviver, destacando também os complexos elementos que tornam esse lugar um dos maiores, diversos e complexos biomas do mundo. Pensaremos nas resistências, iniciativas e propostas.


A Amazônia é um patrimônio do povo brasileiro, em particular, e da humanidade, em geral. Não pode ser reduzido apenas ao aspecto econômico, pois agrega também valores cultural, medicinal, paisagístico, ecológico, social, religioso e outros.

Mas a reflexão será mais rica se quem vive fora da Amazônia não se limitar a refletir essa região, mas também refletir sobre sua própria região, favorecendo iniciativas locais.

A Amazônia ocupa uma área de 7,01 milhões de km² e corresponde a 5% da superfície da Terra, 49% da América do Sul e 59% do Brasil; contém 20% da água doce não-congelada e 80% da água disponível no Brasil; abriga 34% das reservas mundiais de florestas e uma gigantesca reserva de minério.
Sua diversidade biológica de ecossistemas, espécies e germoplasmas é a mais rica do planeta; a bacia hidrográfica do Amazonas é constituída por cerca de 1.100 rios.

A Amazônia Legal brasileira está formada por dez Estados: Acre, Amapá, Amazonas, Goiás, Pará, Rondônia, Roraima, Tocatins, Maranhão e Mato Grosso.
O território compreende 65% de toda bacia Amazônica; tem 11.248 km de fronteiras internacionais, 1.482 km de costa do Atlântico, 22 mil rios navegáveis, com 23 milhões de habitantes, tendo 60% da população indígena brasileira.

Essa realidade nos convida a pensar a Amazônia como um todo.
Tudo está interligado, o que acontece num lugar tem reflexos imediatos no outro.

Os problemas são semelhantes e precisam ser resolvidos em seu conjunto. A defesa dos direitos dos povos indígenas, a preservação do meio ambiente, o serviço pastoral, a luta contra o crime organizado, por exemplo, exigem atitudes e soluções conjuntas para que possam ter a devida eficácia.



(Adaptado do Texto-Base da CF-2007)



ORAÇÃO DA CF-2007

Deus criador,
Pai da família humana,
Vós formastes a Amazônia,
maravilha da vida,bênção para o Brasil e para o mundo.
Despertai em nós o respeito
e a admiração pela obra
que vossa mão entregou aos nossos cuidados.
Ensinai-nos a reconhecer o valor
de cada criaturaque vive na terra,
cruza os ares ou se move nas águas.
Perdoai, Senhor,
a ganância e o egoísmo destruidor;
moderai nossa sede de posse e poder.
Que a Amazônia,
berço acolhedor de tanta vida,
seja também o chão da partilha fraterna,
pátria solidária de povos e culturas,
casa de muitos irmãos e irmãs.
Enviai-nos todos em missão!
O Evangelho da vida, luz e graça para o mundo,
fazendo-nos discípulos e missionários de Jesus Cristo,
indique o caminho da justiça e do amor;
e seja anúncio de esperança e de paz
para os povos da Amazônia
e de todo o Brasil.
Amém.

EXPLICAÇÃO DO CARTAZ DA CF-2007

Tema: Fraternidade e Amazônia

Lema: “Vida e missão neste chão”


Na parte superior do Cartaz, a terra seca e rachada representa a realidade de algumas partes da Amazônia durante a estiagem e adverte que, sem o devido cuidado, toda a região pode ser destruída.


A abundante presença da água lembra que a Amazônia é uma importante reserva de água doce no planeta, além de transmitir uma sensação de transparência, força e vitalidade.

O elemento principal do Cartaz é a vitória-régia, conhecida pelos índios como “panela de espíritos”.
Considerada um dos símbolos da Amazônia, essa planta é forte e tem raízes profundas que tocam o leito do rio; ao mesmo tempo, é sensível, assim como o povo nativo da região, que sobrevive com muita garra, mas precisa do apoio fraterno de toda a sociedade brasileira.

As três flores brancas e amarelas têm extrema relevância no Cartaz, uma vez que representam a Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo. Essas flores lembram que a Amazônia é obra de Deus Criador e Providente entregue aos nossos cuidados.


A criança representa os índios e toda a comunidade da região, suas crenças, sonhos e esperanças. Seu olhar inocente e o sorriso sutil são um convite à superação das dificuldades e à construção de um futuro melhor para a Amazônia.


Ao mostrar o contraste entre a terra seca e a exuberância da água, o Cartaz chama a atenção para a devastação da Amazônia e o descaso com a vida.

Representa a esperança de encontrar uma solução para os conflitos da região com base na solidariedade e no respeito às diferenças.

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...