quinta-feira, janeiro 08, 2009

VOCÊ...


Na janela
vejo rio que passa
No remanso
navega minha saudade
No vento frio
a nostagia do nosso amor
No cheiro da água
o aroma do seu corpo
No barco que segue
o banzeiro da sua ousadia
Nos pensamentos
você navega arteiro em minha imaginação
No meu olhar a exburância do rio
tem a sua imgem a magia da sua feição...
Saudade que passa
Levando meu sossego
deixando em meu peito
vontade louca do seu amor...





Socorro Carvalho

* Da janela do Museu João Fona, olhando o Rio Tapajós, 08 DE JANEIRO DE 2009, noite de posse da Nova Diretoria da Academia de Letras e Artes de Santarém (ALAS).
Não importa onde eu possa andar...em cada canto você vem sempre inspirar minha poesia...
TE AMO!!

QUE EU NÃO QUERO...

"Não quero alguém que morra de amor por mim...
Só preciso de alguém que viva por mim,
que queira estar junto de mim, me abraçando.

Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo,
quero apenas que me ame,
não me importando com que intensidade.

Não tenho a pretensão de que todas
as pessoas que gosto, gostem de mim...
Nem que eu faça a falta que elas me fazem.
O importante pra mim é saber que eu,
em algum momento, fui insubstituível...
E que esse momento será inesquecível...
Só quero que meu sentimento seja valorizado.
Quero sempre poder ter um sorriso
estampando em meu rosto,
mesmo quando a situação não for muito alegre...
E que esse meu sorriso consiga transmitir paz
para os que estiverem ao meu redor.
Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém...
E poder ter a absoluta certeza de que esse alguém
também pensa em mim quando fecha os olhos,
que faço falta quando não estou por perto.
Queria ter a certeza de que apesar
de minhas renúncias e loucuras,
alguém me valoriza pelo que sou,
não pelo que tenho...
Que me veja como um ser humano completo,
que abusa demais dos bons sentimentos
que a vida lhe proporciona,
que dê valor ao que realmente importa,
que é meu sentimento...
e não brinque com ele.
E que esse alguém me peça para que eu nunca mude,
para que eu nunca cresça,
para que eu seja sempre eu mesmo.
Não quero brigar com o mundo,
mas se um dia isso acontecer,
quero ter forças suficientes para
mostrar a ele que o amor existe...
Que ele é superior ao ódio e ao rancor,
e que não existe vitória sem humildade e paz.
Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar,
amanhã será outro dia, e se eu não desistir
dos meus sonhos e propósitos,
talvez obterei êxitoe serei plenamente feliz.
Que eu nunca deixe minha esperança
ser abalada por palavras pessimistas ...
Que a esperança nunca me pareça um "não"
que a gente teima em maquiá-lo de verdee entendê-lo como "sim".
Quero poder ter a liberdade de
dizer o que sinto a uma pessoa,
de poder dizer a alguém o quanto ele
é especial e importante pra mim,
sem ter de me preocupar com terceiros ...
Sem correr o risco de ferir uma
ou mais pessoas com esse sentimento.
Quero, um dia, poder dizer
às pessoas que nada foi em vão ...
que o amor existe,
que vale a pena
se doar às amizades a às pessoas,
que a vida é bela sim,
e que eu sempre dei o melhor de mim...
e que valeu a pena!!!



Mário Quintana

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...