segunda-feira, agosto 17, 2009

ÉGUA DA SOLIDÃO...QUE COISA!!




" Me sinto só...
Mas quem é que nunca se sentiu assim
Procurando um caminho pra seguir,
Uma direção - respostas
Um minuto para o fim do mundo,
Toda sua vida em 60 segundos
Uma volta no ponteiro do relógio pra viver"...






Música: UM MINUTO PARA O FIM DO MUNDO (CPM 22)





Fim de mais um dia...
Estou aqui, outra vez, perdida entre meus anseios, carências e devaneios.
Tô precisando de amor...alguém tem por ai?
Mas amor de verdade, real, fora da minha ficção poética.
Me sinto só...SÓ.
A solidão...tá consumindo meu peito...meu Deus!!
Estou precisando de um colo , um afago... um amigo, um abrigo...só isso.




Socorro Carvalho




SEMENTES DE REFLEXÃO

Quando parecia que nada iria acontecer,
uma novidade aparece.
E o mundo se transforma.


Este é o momento propício para você aprender
que sempre é possível ir além do que pensaria poder.


Saber recomeçar na vida
é tão importante como saber viver.
Não desanime!
Se você transportar um punhado de terra todos os dias,
logo terás uma montanha.




Não desanime se errou,
erga-se e recomece, talvez chegue ao fim da luta cheio de cicatrizes,
mas estas se transformarão em luzes.


Seja corajoso.
Reaja com firmeza porque o auxílio lhe chegará na hora oportuna.
Você nunca será um velho enquanto tiver um ideal.


A rotina cansa e corrói a alma,
desalenta e carcome o entusiasmo.
Renove cada manhã seu armazenamento de alegria de viver.


Preste atenção ao que está fazendo;
o ontem já lhe fugiu das mãos,
o amanhã não chegou.


Você já parou para pensar quanto tempo a gente perde por não ter tempo de pensar ?
Não perca tempo em olhar para trás para ver o que já fez.



Olhe para frente e caminhe confiante e alegre e veja que tem muito por fazer.

Autoria Desconhecida

ATIRE A PRIMEIRA FLOR

Quando tudo for pedra,atire a primeira flor;
Quando tudo parecer caminhar errado,
seja você a tentar o primeiro passo certo;

Se tudo parecer escuro,
se nada puder ser visto,
acenda você a primeira luz,
traga para a treva, você primeiro,
a pequena lâmpada;

Quando todos estiverem chorando,
tente você o primeiro sorriso;
talvez não na forma de lábios sorridentes,
mas na de um coração que compreenda,
de braços que confortem;

Se a vida inteira for um imenso não,
não pare você na busca do primeiro sim,
ao qual tudo de positivo deverá seguir-se;




Quando ninguém souber coisa alguma,
e você souber um pouquinho,
seja o primeiro a ensinar,
começando por aprender você mesmo,
corrigindo-se a si mesmo;


Quando alguém estiver angustiadoà procura,
consulte bem o que se passa,
talvez seja em busca de você mesmo
que este seu irmão esteja;



Daí, portanto,
o seu deve ser o primeiro a aparecer,
o primeiro a mostrar-se,
primeiro que pode ser o único e,
mais sério ainda, talvez o último;


Quando a terra estiver seca,
que sua mão seja a primeira a regá-la;
Quando a flor se sufocar na urze e no espinho,
que sua mão seja a primeira a separar o joio,
a arrancar a praga, a afagar a pétala,
a acariciar a flor;


Se a porta estiver fechada,
de você venha a primeira chave;
Se o vento sopra frio,
que o calor de sua lareira seja a primeira
proteção e primeiro abrigo.



Se o pão for apenas massa e não estiver cozido,
seja você o primeiro forno para transformá-lo em alimento.



Não atire a primeira pedra em quem erra.
De acusadores o mundo está cheio;
nem, por outro lado, aplauda o erro;
dentro em pouco, a ovação será ensurdecedora;




Ofereça sua mão primeiro para levantar quem caiu;
sua atenção primeiro para aquele que foi esquecido;
seja você o primeiro para aqueleque não tem ninguém;




Quando tudo for espinho,
atire a primeira flor;
seja o primeiro a mostrar que há caminho de volta,
compreendendo que o perdão regenera,
que a compreensão edifica,
que o auxílio possibilita,
que o entendimento reconstrói.




Atire você,
quando tudo for pedra,
a primeira e decisiva flor.

Desconheço a autoria

Foto : "Emprestada" do blog do meu amigo Eduardo Dourado( o Dudu).
Vi por lá, achei linda, por isso roubei...é claro! rsrs

Postagens em destaque

POEMA CABOCLO

Meu amor... Tem cor de alvorecer. Carícia de brisa das manhãs. Cor de pôr do sol. Aroma de cupuaçu... Sabor do bombom de muruc...