terça-feira, novembro 17, 2009

AH, ESSE DESEJO!!!




No ar um cheiro de desejo
Exala fragrância de êxtase.
Na pele, poros aquecidos
Transpiram o calor da sedução
Que se perde no desenho de sua boca...
O sabor do beijo,
Enlouquece os sentidos
Dá asas aos devaneios
Inspira malícias em segredo...
O olhar bandido e vadio.
Despe os pudores
O desejo avassala o peito
Corre por entre as veias
Escorrega por entre meus dedos
A deslizar suave por toda sua pele
A explorar seus mistérios...
E em meio ao calor de sua boca
Sinto a loucura a incendiar meu sangue.
Aquecendo pensamentos loucos...
A carícia leve faz alvoroçar minha libido,
Faz arder à chama que lhe chama.
Pra dentro de mim...
Na mágica dessa força estranha
Meu desejo deságua no hálito de sua boca...
Ah, esse desejo!


Socorro Carvalho

A SAUDADE...


“ A saudade é benéfica ao amor.
Distantes, os amantes mensuram o tamanho do bem-querer.
Medida que se descobre nos desconcertos da ausência,
no engasgo constante da recordação,
recurso que faz voltar no tempo, engana as horas,
aproxima as peles, diminui as estradas,
ancora os navios, pousa os aviões,
faz chegar os ausentes.".

Fragmentos do livro: Mulheres de Aço e de Flores
De: Pe. Fábio de Melo

PE. EDILBERTO SENA LANÇA LIVRO

"AMAZÔNIA: O QUE SERÁ AMANHÃ?"

Visão crítica sob a ótica dos editoriais
da Rádio Rural de Santarém.
2001 - 2009
O lançamento:
Data: 23 de novembro de 2009
Hora: 20h
Local: Parque da Cidade
II Salão do Livro do Oeste do Pará

"O que será amanhã? A Amazônia e sua gente pobre
serão amanhã muito diferentes e mais felizes
se não faltarem vozes corajosas hoje.
Se calarmos hoje, como tanto se calou no passado,
o futuro será como este presente, triste e sem outras perspectivas
que não as da desilusão.


Este não é um livro para a leitura solitária.
Mas deve ser instrumento de leitura comunitária,
capaz de destravar a ação comum.
Por isso, não deverá ser um livro de cabeceira,
mas de grupo, de trabalho coletivo.
Assim, o amanhã será outro,
desde que comecemos a construí-lo hoje."



Trecho do prefácio do Livro..

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...