sábado, abril 10, 2010

O FILHO PRÓDIGO.... DE VOLTA PRA CASA!!!

Depois da saída do colega Rômulo de Castro
está de volta ao Jornalismo da Rádio Rural, o repórter Genildo Júnior.
Genildo que foi experimentar novas oportunidades, não agüentou de saudade do aconchego dos bastidores da Rádio Rural e retorna, já nesta segunda – feira, reforçando assim, a Equipe de Jornalismo da emissora. Espero que ele venha com toda força e bem inspirado,
para começar bem cedinho a levar ao ar em tempo hábil, é claro, a boa informação.
Ao colega votos de boas vindas e desejo de muito sucesso !!

(Genildo e eu!)
Agora voltarei a ouvir a tradicional seleção musical, do Genildo, todas as tardes no Rádio pela Educação.
Ele não apresenta nenhum programa não, eu explico...
É que sabe todas as músicas que gosto e tem uma pasta com essas músicas.
E quando estava aqui, vinha sempre colocar as músicas para eu ouvir.
Por isso, espero que ele venha de vez em quando colocar
Djavan - OCEANO pra que eu possa viajar em minhas emoções..
Claro, que de vez em quando ele me enche o saco, sabe?
E quero dar uns murros nele.
Mas até que eu gosto desse chato....kkkkk
Mesmo com as mil e uma chatices dele.
Ops! Eu também, sou chatinha, pra caramba.
( mas ele gosta de mim)
Eu acho né....kkkkk
Por isso é que a gente se entende.
Seja bem VINDO Genildooooooo!!!


Um abraço


Socorro Carvalho

CORAGEM


A coragem não consiste em arriscar sem medo.
Ao contrário!
É preciso estar convicto do que se quer para se ter coragem de agir.
Coragem, também, não se traduz por agressividade, ou atitudes intempestivas.
Na verdade,
a coragem tem no seu bojo virtudes como serenidade,
paciência, amabilidade e solidariedade.
Para entender melhor, podemos classificar a coragem em vários tipos:
A coragem física,
para enfrentar situações de perigo que coloquem sua vida em risco.
Coragem de convicção:
Não ter medo de aceitar e propagar as suas crenças.

Coragem moral:
É aquela capaz de fazer você optar pelo que é ético e justo,
mesmo contrariando pessoas influentes ou até o seu circulo de amizades.

Coragem solidária
é a coragem de se envolver com as necessidades dos outros.
Isso mesmo:
Amar o próximo requer muita coragem, sim!
Existe ainda a coragem emocional,
para lidar com circunstancias dolorosas e adversas da vida.

A coragem de criar, sem medo de inovar, de quebrar a rotina,
de mudar a maneira de ver as coisas.

E o mais elevado grau de coragem, a coragem de perdoar,
difícil de ser encontrada em qualquer pessoa.
Dar a outra face para o inimigo
 é um ato que requer coragem e amadurecimento.

E você, aí em casa, é uma pessoa de coragem?
Então, você,  menina e menino acordem...
Porque vida, em si, já é um ato de coragem




Desconheço a autoria
Foto: Munícipio de Faro - por Armandina Pereira

SÓ UMA FRASE...

"Eu gosto de viver. Já me senti ferozmente, desesperadamente, agudamente infeliz, dilacerada pelo sofrimento, mas através de tudo ainda sei, com absoluta certeza, que estar viva é sensacional."


(Agatha Christie)

Postagens em destaque

POEMA CABOCLO

Meu amor... Tem cor de alvorecer. Carícia de brisa das manhãs. Cor de pôr do sol. Aroma de cupuaçu... Sabor do bombom de muruc...