terça-feira, abril 13, 2010

SEU BEIJO... APENAS O SAUDOSISMO DE UM QUERER

Da ousadia, de outrora, encontrada em sua boca
Recordo-me, em silêncio.
O sabor ardente do seu beijo
Hoje faz parte do saudosismo
Escondido em meu coração.
No olhar silencioso, apenas, vagas lembranças
E tentativas vãs de roubar um beijo...
Para alimentar minha vaga ilusão.
Mas o beijo já não tem vida...
E flui sem muita inspiração.
A saudade do beijo quente ( de outrora)
Que tantas vezes fez acender a chama desse querer...
Hoje é apenas uma doce recordação
Pena que esse teimoso coração....
Ainda insista, tanto, em inúteis tentativas de acender essa ilusão.
E presa entre as rédeas da paixão
A mente confusa, ainda,  insiste em acreditar
Que de alguma forma vai achar espaço
Na vaga expressão do seu olhar.
Mas é inútil sonhar.
E de repente...
Vejo cada beijo ir, se perdendo de mim...
Deixando-me a boca carente,
Abrindo lacunas no coração.
E em cada instante dessa distância
Vai perdendo-se fugaz, por outros caminhos ( na contra mão)
Empurrando-me ao abismo da solidão.
Solidão fria que se retrata na distancia que aflige, atormenta..
Porém,  uma forma suave de sinalizar seu desapego
Colocando, sutilmente, fim a essa louca e obstinada inspiração...
Poesia viva,
Tantas vezes escritas no segredo desse querer.






Socorro Carvalho

DEVER DE SONHAR


Eu tenho uma espécie de dever, dever de sonhar, de sonhar sempre,

pois sendo mais do que um espetáculo de mim mesmo,

eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso.

E, assim, me construo a ouro e sedas, em salas

supostas, invento palco, cenário para viver o meu sonho

entre luzes brandas e músicas invisíveis.



Fernando Pessoa

Na foto: Rosilda Almada sentada ao lado  do poeta  Fernando Pessoa.
Linda foto Rô...amei!!!
E, claro, para brindar esse encontro(rsrs) um poema do próprio...

EUNUCOS VIRTUAIS, OU EROS X CLERUS




Por - Arno Rochol

abril 13, 2010, 5:32 pm


Há um Estado europeu que só possui 44 hectares de terra, mas tem um pouco mais de um bilhão de “habitantes”. Se fosse um Estado “normal”, claro. Mas não é. Parece contraditório, mas também não é. Trata-se, por sinal, de uma das últimas monarquias absolutistas do planeta.



Exato! É o Vaticano, um dos Estados mais ricos e poderosos do mundo. Que diz ser o bastião do supra-sumo da moral universal. Que seria dono e guardião exclusivo da verdade absoluta, concedida por seu deus, o único verdadeiro. E que possuiria a chave de um pretenso reino dos céus.



Escrevo “pretenso” porque tem de se crer nele, já que sua existência não foi provada cientificamente. Aliás, para se entrar na igreja católica, e no seu reino celestial, tem de se ter a sua fé e viver de acordo com seus preceitos. Dos quais são ferrenhos defensores, não se importando com os meios.



Milhões de pessoas já perderam sua vida por pensar diferente ou querer viver de outro modo. Meu foco agora, porém, é outro. É uma questão que repetidas vezes veio à tona na história da igreja católica. Mas nunca como de uns anos para cá e como ocorre atualmente. É a velha luta entre eros x clerus.



Isso! Quero falar sobre o “sexo” da igreja católica. O que você acha: ele é masculino ou feminino? Veja a cúpula de governo do Vaticano? Quem manda ali? São homens! Quem detém o poder na hierarquia institucional católica? São homens! Ou seja, o sexo da igreja católica é visivelmente masculino.



Mas… e onde fica o outro sexo?...LEIA MAIS

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...