quinta-feira, fevereiro 17, 2011

INSPIRAÇÃO

 Versos que brotam
Com frases e palavras certas
Rimadas no sorriso
Com estrofes no olhar.
Canto e encanto se faz concretizar
Na harmonia descansa
Saudade se torna ânsia
Na ausência é pura melancolia...
 Fascínio do gostar.
Fala de emoção, sentimentos
Flui do coração
Desperta a sedução
Gera a ilusão
Inspira a Tara...
É rima do verso incerto
Dos amores complexos
Faz-se poema
Galanteio do bem querer.
Derrama-se de ternura
Lambuza-se  de loucura
Perde a compostura
Faz-se  tesão
Satisfação no prazer...
Sinônimo de amor
De paixão
Faz falar a emoção
Dá voz  a  poesia,
Asas a imaginação...
Inspiração.


Socorro Carvalho


 Na poesia descanso enquanto a vida segue... Não me importo.
A poesia é mágica e sempre me transporta na direção certa dos versos.
Por isso, vivo num ensaio constante na tentativa de  um dia ser poeta. (Socorro Carvalho)

O RIO SÃO FRANCISCO


Na Serra da Canastra um filete brota.
Verte das entranhas, cristalina, tanta,
A água que desliza e desce pela grota
Até despencar ligeira em Casca d'anta.

Tantos rios da esquerda, da direita,
Afluentes muitos que seu leito encorpam
E o grande Gaiola* que seu casco deita,
Vencem os desafios qu’estas águas cortam.

Rio das Velhas, Borrachudo, Verde Grande,
Paraopeba, Carinhanha, Abaeté,
Emprestam-lhe forças para atravessar

O sertão ressecado que se expande
Frente ao rio que encarna a grandeza da fé...
...E vai o São Francisco a caminho do mar.


Frederico Salvo.

*Nome dado a um tipo de embarcação que faz transporte no trecho navegável do rio.


_ Após ler a notícia sobre a contaminação do São Francisco,  Frederico vai reescrever a poesia... e dessa vez sem dúvidas... cheio de tristeza e lamentação. Enquanto isso VAMOS SALVAR O TAPAJÓS!!!

LAMENTÁVEL - PESQUISAS MOSTRAM CONTAMINAÇÃO POR METAIS PESADOS NO RIO SÃO FRANCISCO

Duas pesquisas desenvolvidas pelo Instituto de Geociências da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) na Bacia do Rio São Francisco mostram como a natureza pode sofrer por anos a fio com o impacto ambiental, e como os riscos à saúde humana por causa da poluição podem persistir no tempo.


Os metais pesados foram lançados por cerca de uma década no Córrego da Consciência, que alimenta o rio São Francisco. Somente no fim dos anos 70, a Companhia Mineira de Metais (CMM) construiu um dique isolando os resíduos da metalúrgica do leito do rio. De acordo com a geógrafa Elizêne Veloso Ribeiro, autora do estudo com as amostras de água, os metais pesados podem causar câncer e afetar o sistema nervoso e o sistema reprodutivo se forem acumulados no organismo. Ela ressaltou que não há mais o lançamento de metais pesados pela metalúrgica (hoje sob o controle da Votorantim Metais).


O geólogo Wallace Magalhães Trindade, responsável pela pesquisa com os sedimentos do rio, explicou, no entanto, que os rejeitos do passado formam “um estoque de contaminação” que está depositado no fundo do rio. As partículas dos metais pesados sobem e ficam no corpo da água conforme a mudança no volume e na temperatura do rio. Além da presença dos metais pesados, as pesquisas identificaram problemas no Córrego Barreiro Grande (que também alimenta o Rio São Francisco) por causa do lançamento de esgoto urbano e industrial em Três Marias. Durante quase um ano, as pesquisas coletaram amostras de água em um trecho de 160 quilômetros de extensão, que banha 15 municípios.


(Fonte: Ecodebate)

É TEMPO DE VER O SOL

É tempo de ver o sol, ainda que seja noite,
pois sabemos "racionalmente", que o sol não sumiu,
apenas se escondeu para que a lua se exiba no céu.


Então, deixar-se aquecer pela certeza de que a felicidade não sumiu,
apenas deu um tempo para que a tristeza se exibisse,
mostrasse para você que o melhor de tudo é ser feliz,
e que se perdeu um amor, não perdeu a capacidade de amar,
se perdeu um dente, a boca ainda está no lugar,
se perdeu um emprego, a experiência ainda está lá,
se perdeu um parente, outro ficou para cuidar,
se perdeu um sonho, esta noite foi feita para sonhar.


Não se perca de você, este sim, é difícil de achar.
O resto é manter a chama do amor acesa,
pois somos essencialmente feitos de amor,
tudo em nós é música suave, é poesia e calor,
nós é que nos escondemos, nos assustamos, esfriamos.
É tempo de acender tochas amorosas em nós mesmos,
espalhar o amor como semente generosa,
e confiar que no tempo certo, colheremos,
cestos e cestos de flores perfumadas,
perfume de muito valor,
o perfume do amor.
Eu acredito em você.



Paulo Roberto Gaefke

NOSTALGIA BOA!!!!

Nos últimos dias a vida está me remetendo a muitas recordações interessantes e lembranças inesquecíveis...

Lembranças de um tempo ímpar (como cada tempo que vivemos) mas falo dos tempos em que trabalhei na Rádio e TV Ponta Negra, lugar onde pude desfrutar de grandes momentos de amizade, carinho e emoções.

Foi meu primeiro emprego, onde conheci meus primeiros colegas de imprensa e onde (diga-se de passagem) fiz parte de uma equipe de profissionais da mais alta qualidade e competência. Uma turma que além de saber fazer as coisas,  fazia com muito amor e acima de tudo, dedicação.

E esses dias pude ter a alegria de estar com Vânia Mary Pereira ( que reside em Macapá) mas que está em Santarém. Vânia era  gerente de Opec da TV Ponta Negra e uma das grandes amizades que construí por lá. Encontrar com essa velha companheira é sempre motivo de celebração, euforia e muita alegria. Vânia é uma daquelas pessoas de mente arejada e cabeça feita, sem frescuras e tá nem ai pra vida dos outros. Pensamos de um jeito bem parecido, cada um é feliz do jeito que gosta e não temos nada a ver com isso. Penso que foi por isso que nossa amizade perdurou e perdura até hoje, firme, forte e verdadeira, mesmo apesar da imensa distância geográfica que nos separa.
Enfim, encontrar com a Vânia é sempre uma alegria  e graças a Deus um momento de celebração, pois a cada abraço sentimos que ainda estamos vivas e isso é mais gratificante.

Esses dias, também, fiquei sabendo que outro integrante daquela grande equipe esteve por aqui, Valtenis Rebelo que era cinegrafista ( e um dos melhores que já conheci) , além de esperto era muito divertido. E Valtenis esteve aqui na emissora, mas não o vi, pois cheguei momentos depois dele ter saído. Mas soube través do Daleuson Menezes ( o Dadá) que Valtenis está muito bem, com uns quilinhos a mais,claro,  mas está bem e bem acostumado na capital manauara. Ah, só pra efeito de conhecimento, Daleuson Menezes é outro companheiro daqueles tempos e na época era o diretor técnico da Tv Ponta Negra e junto com o Jorge Mário Cohen – diretor de operações da TV formaram toda a equipe técnica e de produção da emissora.

Infelizmente não vi o "Têni"  mas fiquei feliz em saber que está com saúde e trabalhando, lá em Manaus ( deixou a câmera mas está empregado, isso é importante).

Mas as lembranças não terminam ai, essa semana tive a alegria de conversar, mesmo virtualmente, com Eddie Ribeiro (na época apresentador do Jornal Ponta Negra)  junto com Aurenice Lima ( atualmente residindo em São Paulo) e juntos formavam uma dupla maravilhosa e divertida. Conversando com Eddie relembramos tantas coisa legais, momentos alegres que juntos vivemos naquela emissora que era como um lar pra gente.
Foi ótimo trocar idéias com seu Ediee. E sem esquermos é lógico, de uma frase bem marcante e que jamais esquecemos.

Para aumentar minhas lembranças...
Ainda ontem , acessando o facebook me deparei com Celso Rabelo, na época técnico, operador de áudio da rádio  e por último já estava sendo até locutor, num programa sertanejo que apresentava aos sábados, a tarde. Celso era outro companheirão, companheiro mesmo e apesar do jeito bem "avacalhador" era muito prestativo e continua sendo, sem dúvidas, pois hoje em dia trabalha na Rádio Difusora de Macapá. E olhando a página vi fotos da formatura dele, lá todo bonitão de beca e tudo. Puxa! Fiquei hiper feliz, por ele. Afinal de contas Celso era como um irmão que nunca tive, sempre muito cuidadoso. E isso era muito legal em nossa amizade. Não falei com Celso, mas comentei as fotos e expressei minha felicidade.

Pra finalizar com chave de ouro meus momentos de lembranças...
 encontro, também , no facebook o grande Emanuel Júlio, o menino do Esporte Ponta Negra (na época) e junto com Erasmo Moura faziam acontecer na telinha do canal 05. Com Emanuel relembramos diversos fatos engraçados e momentos inesquecíveis vividos naquele tempo. Emanuel apesar de parecer um caro sério é super divertido e de vez em quando aparecia com cada história que só faltava matar a gente de tanto rir.
Era muito bom!!Mas a história do sonho foi a mais marcante.rsrsrs

 Hoje, não sei como está formada a equipe da TV Ponta Negra, mas digo com toda certeza e sem desrespeitar os colegas que lá estão, Equipe como a nossa? Nunca mais.

De todo o sucesso que proporcionamos nenhum de nós ficou rico ou milionário, mas construímos grandes e preciosas amizades. Mesmo tendo surgindo alguns mal caráter que conseguiram se infiltrar em nosso meio jamais despeçamos e fazíamos da liberdade que Nivaldo Pereira nos dava a cada dia uma nova história.

Depois de tudo isso vale lembrar em primeiro lugar de Paulo Araújo ( que já partiu dessa),era um filha da puta, babão e puxa saco, mas um amigão; e assim sigo relembrando de Dira Cordeiro, Raimundo Ferreira ( o Dinho), Anne Êgle, Raquel Costa, Lígia Santana, Guilherme Simões, Cineyda Correa, Nivia Mota, Rô Almada, Núbia Santos, Nely Silva, Everaldo Pereira, Aliomar Santos, Azevedo, Veridiano Silva, Juju, Inácio Regis, Raimundo Travassos, Célia Maria, Jota Ninos, Sampaio Brelaz, Cilene Corrêa, Fernando José,  Regina Lúcia, Milton Correa, Núbia Campinas, Trindade Costa, Gervásio Costa, Silvia Rodrigues, Albanira Coelho, Edna Félix, Rosa Rodrigues, Edna Freitas, Maura Castro, Amandina Pereira, Antonio Júnior, Edie Portela, Graça Gomes, Diane Milena e tantos e tantas outras que por lá passaram e que ficaram marcados e marcadas em minhas boas lembranças.



Ah, nostalgia boa.... Bons tempos de Ponta Negra.


Mas o tempo passa e nossas vidas tomam outros rumos seguem novos desafios. Atualmente trabalho na Rádio Rural, no Projeto Rádio pela Educação onde estou coordenadora de Produção e produtora do programa Para Ouvir e Aprender. E além disso, estou como  voluntária da Rede de Notícias da Amazônia e dentro do Jornal Amazônia é Notícia, participo com a previsão do tempo. Mesmo com todo amor que tinha pela Ponta Negra, trabalhar na Rádio Rural era um sonho e hoje uma das mais preciosas realidades da minha vida e por aqui, também já fiz grandes amizades. Mas... sobre isso escrevo outra hora. ...

Puxa, pessoal!!
É muito legal encontrar e saber das pessoas que a gente gosta!!
Huuummmm que delícia, desfrutar de tantas e boas amizades!!!!

Obrigado meu Deus pois amigos de verdade são grandes tesouros em nossa existência.



Saudades daquela turma esperta!!!


 
Socorro Carvalho

Postagens em destaque

Em entrevista, o Poeta e Compositor santareno Renisson Luis Vasconcelos fala de sua arte e do amor que tem por Nossa Senhora da Conceição

Estamos na semana que antecede o Círio 2017 de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Santarém.  Uma semana intensa de preparativos ...