sábado, maio 21, 2011

O FOGO DA TUA PELE...


Como vulcão em erupção
Teu corpo explode
E dos poros expeles desejos...
O teu corpo é  chama
E em cada chama me deito...
Aqueço-me e  me deleito.
E no fogo do teu peito
Adormeço na insensatez dos teus beijos...
Tudo em ti tem calor e paixão
Fogo que arde, queima
Faz meu corpo tremer de emoção...
Em delírio sinto-te derreter
E  suavemente
Se derrama e  adoça minha  boca...
A pele eriçada,  se aquece
E junto do teu prazer
Minha loucura  estremece.
E na chama do teu vulcão
Descansa o meu êxtase...



Socorro Carvalho



PECADO


Somos castigados por nossas renúncias.
Cada impulso que tentamos aniquilar
germina em nossa mente e nos envenena.

Pecando, o corpo se liberta do seu pecado,
 porque a ação é um meio de purificação.
Nada resta então a não ser
a lembrança de um prazer ou a volúpia de um remorso.

 O único meio de livrar-se de uma tentação é ceder a ela.
Se lhe resistirmos, as nossas almas ficarão doentes,
desejando coisas que se proibiram a si mesmas, e,
 além disso, sentirão desejo por aquilo
que umas leis monstruosas fizeram monstruoso e ilegal.

Oscar Wilde



AS 7 VERDADES DO BAMBU


"Depois de uma grande tempestade, o menino que estava passando férias na casa do seu avô, o chamou para a varanda e falou:

Vovô corre aqui! Explica-me como essa figueira, árvore frondosa e imensa, que precisava de quatro homens para balançar seu tronco se quebrou, caiu com o vento e com a chuva… este bambu é tão fraco e continua de pé?

Filho, o bambu permanece em pé porque teve a humildade de se curvar na hora da tempestade. A figueira quis enfrentar o vento. O bambu nos ensina sete coisas. Se você tiver a grandeza e a humildade dele, vai experimentar o triunfo da paz em seu coração.

A primeira verdade que o bambu nos ensina, e a mais importante, é a humildade diante dos problemas, das dificuldades. Eu não me curvo diante do problema e da dificuldade, mas diante daquele, o único, o princípio da paz, aquele que me chama, que é o Senhor.

Segunda verdade: o bambu cria raízes profundas. É muito difícil arrancar um bambu, pois o que ele tem para cima ele tem para baixo também. Você precisa aprofundar a cada dia suas raízes em Deus na oração.


Terceira verdade: Você já viu um pé de bambu sozinho? Apenas quando é novo, mas antes de crescer ele permite que nasça outros a seu lado (como no cooperativismo). Sabe que vai precisar deles. Eles estão sempre grudados uns nos outros, tanto que de longe parecem com uma árvore. Às vezes tentamos arrancar um bambu lá de dentro, cortamos e não conseguimos. Os animais mais frágeis vivem em bandos, para que desse modo se livrem dos predadores.

A quarta verdade que o bambu nos ensina é não criar galhos. Como tem a meta no alto e vive em moita, comunidade, o bambu não se permite criar galhos. Nós perdemos muito tempo na vida tentando proteger nossos galhos, coisas insignificantes que damos um valor inestimável. Para ganhar, é preciso perder tudo aquilo que nos impede de subirmos suavemente.

A quinta verdade é que o bambu é cheio de “nós” (e não de eu’s). Como ele é oco, sabe que se crescesse sem nós seria muito fraco. Os nós são os problemas e as dificuldades que superamos. Os nós são as pessoas que nos ajudam, aqueles que estão próximos e acabam sendo força nos momentos difíceis. Não devemos pedir a Deus que nos afaste dos problemas e dos sofrimentos. Eles são nossos melhores professores, se soubermos aprender com eles.

A sexta verdade é que o bambu é oco, vazio de si mesmo. Enquanto não nos esvaziarmos de tudo aquilo que nos preenche, que rouba nosso tempo, que tira nossa paz, não seremos felizes. Ser oco significa estar pronto para ser cheio do Espírito Santo.
Por fim, a sétima lição que o bambu nos dá é exatamente o título do livro: ele só cresce para o alto. Ele busca as coisas do Alto. Essa é a sua meta."


Livro: Buscando as coisas do alto

SEDUÇÃO? NUNCA É DEMAIS...



Sexo é gostoso, isso todo mundo sabe. Mas, às vezes com a rotina stressante do dia-a-dia o sexo passa a ser mecânico, até mesmo por obrigação para agradar o parceiro. Então, para melhorar o desempenho na cama e deixar o sexo mais prazeroso, aqui estão algumas dicas quentíssimas:

1 – Se prepare: banho tomado e perfume suave em pontos estratégicos. Ou espere seu amado banhada por um óleo corporal perfumado, é tiro e queda.

2 – Deixe a luza acesa, os homens preferem, pode apostar.

3 – Abuse dos brinquedinhos eróticos, eles são aliados para sair do marasmo sexual.

4 – Use a lingerie certa, eles amam rendas e cores vermelho, preto e branca, de preferência fio dental. Não tenha vergonha, se solte.

5 – Tenha criatividade, solte a imaginação, conte a ele suas fantasias mais secretas.

6 – Experimente novas posições sexuais, a inovação provoca sensações boas e diferentes, ajuda a sair da rotina.

7 – Surpreenda-o com uma performance, faça um striptease, essa dança sensual vai excitar seu parceiro ao extremo.

8 – Faça sexo em lugares inusitados, diferentes da habitual cama do casal, por exemplo, no banheiro, na cozinha, no quintal, pode apostar que ele vai delirar.

9 – Sexo oral: indispensável. Ouse ainda mais com um cubo de gelo na boca.

10 – Auto-estima e confiança: não há homem que resista a uma mulher decidida e poderosa!

Coloquem em prática as dicas, mas não esqueça que para existir uma melhora significante na relação sexual do casal o diálogo é fundamental. Converse com seu parceiro e diga a ele o que você gosta, o que sente falta, os lugares que gosta de receber carinho, as posições que mais gosta, enfim, o que te dá mais prazer. E pergunte a ele as mesmas coisas, do que ele mais gosta, onde ele gosta de receber carinhos, se falta alguma coisa.

Às vezes, por uma coisinha simples a relação sexual começa esfriar e o casal começa deixar de lado o assunto, mas é preciso ter consciência que o sexo é o complemento do amor, e vice-versa.



Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...