quinta-feira, julho 28, 2011

HUGO ÉRLON TALENTO E SIMPATIA NAS NOITES SANTARENAS

Hugo Érlon - cantor e compositor santareno


Na noite, do último sábado, tive o privilégio de assistir e ouvir  o cantor e compositor Hugo Érlon acompanhado do violão num delicioso som de barzinho, no Mascotinho,  bar situado na orla de Santarém,

Hugo cantando Frisson.... que delíciaaa

Simples e dedicado Hugo é talentoso e muito gente boa.
Para completar ainda cantou pra mim uma das músicas que amo  bastante
que é Frisson de Tunay.
Ufaa essa músicaaaa!!  Quando escuto... ai já viu né!!  

Fico morrendo de saudades...
E naquela noite estava sentindo um certo perfume ( na pele)
e Hugo cantando Frisson foi demais....Para o meu coração!!!rsrs
Viajei... meu Deus!!!
O legal nisso tudo é a boa memória do Hugo,  falei uma única vez para ele que gostava da música, isso quando esteve na emissora prestando serviço de operador de áudio e isso já  faz bastante tempo heim!!!
Mesmo assim não esqueceu e quando menos esperava lá estava Hugo anunciando que iria cantar a música pra mim pois sabia que eu gostava... que maravilha.
Amei a música e amei mais ainda foi ver o Hugo cantando feliz e fazendo umas das coisas que mais gosta que é Cantar.
Santarém é assim uma cidade linda e cheinha de pessoas talentosas, assim feito o Hugo.
Nossa ARTE precisa ser valorizada. Precisamos unira forças para que a música, a poesia e todas as artes santarenas possam ter o respeito que nós artistas dessa terra linda merecemos  chega de migalhas e falta de apoio à Cultura.
Eis um dos motivos pelos quais EU  VOTO SIM pela criação do ESTADO DO TAPAJÓS.

Socorro Carvalho 

SONHAR


Sonhar é transportar-se em asas de ouro e aço
Aos páramos azuis da luz e da harmonia;
É ambicionar o céu; é dominar o espaço,
Num vôo poderoso e audaz da fantasia.

Fugir ao mundo vil, tão vil que, sem cansaço,
Engana, e menospreza, e zomba, e calunia;
Encastelar-se, enfim, no deslumbrante paço
De um sonho puro e bom, de paz e de alegria.

É ver no lago um mar, nas nuvens um castelo,
Na luz de um pirilampo um sol pequeno e belo;
É alçar, constantemente, o olhar ao céu profundo.

Sonhar é ter um grande ideal na inglória lida:
Tão grande que não cabe inteiro nesta vida,
Tão puro que não vive em plagas deste mundo.


Helena Kolody (1912-2004)

Foto:Lucineide Pinheiro

JASON CARNEIRO -POETA PARAENSE NASCIDO EM SANTOS...




Amigas, Amigos,


Um sonho puro e bom, um sonho simples. Desses que encantam e justificam a vida. Procurá-lo já é vivê-lo. E vivê-lo, como nos ensina Helena Kolody, é transportar-se para fora das plagas deste mundo. Algo em nossa alma nos apronta para ele. Confiemos.

Grandes abraços, e boa semana,

Jason



Jason Thomas Guerreiro Carneiro é um paraense nascido em Santos, SP, em dezembro de 1972, e criado no Rio de Janeiro. Casou-se em 1997 com Larissa, sua namorada desde 1994. Acredita no Amor e na Literatura porque ambos, de muitas maneiras, salvaram a sua vida.

A família Guerreiro é uma frondosa árvore genealógica amazônica. A família Carneiro é um arbusto. A casa no Rio Comprido, onde Jason viveu entre 1983 e 1996, com os pais, a avó paterna e os três irmãos mais moços, era uma espécie de embaixada paraense.

Graduou-se em Geologia pela UFRJ em 1995. Trabalhou em Serra Pelada e na região de Carajás, para a Vale do Rio Doce, entre 1996 e 1999. Nessa época, viveu em Belém. Ao Rio Comprido somaram-se outros rios.

Em 1995 lançou seu primeiro livro de poemas, “Jardim do Teu Silêncio” (edição do autor). Em 2003, veio a público “Assim Nascem os Horizontes”, pela Ibis Libris. O primeiro, embora tenha passado despercebido pela crítica, esgotou a edição de 600 exemplares. O segundo foi acolhido por grandes nomes da crítica nacional, como Pedro Lyra e Ivan Junqueira.

Tive a honra de conhecer Jason por meio do  blog e desde então passei a receber poesias todas a quartas feiras. Poeta de mão cheia Jason tem livros editados e até fui presenteada com um deles e gostei bastante, por isso, recomendo uma visita ao site do Jason:
  CAIS DO SILÊNCIO
Para que assim você possa, também,  conhecer quanta arte se esconde por detrás desse rosto tão sério de homem e de poeta.



Socorro Carvalho




Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...