sábado, agosto 18, 2012

ELEIÇÕES 2012 -RÁDIO RURAL - O AGRADECIMENTO


Sessão de dever cumprido. Primeiro debate entre os candidatos á prefeitura de Santarém, na Rádio Rural atingiu o seu objetivo. Agradeço o empenho da turma que faz a diferença. Francisco Daleuson Carvalho Menezes, que ajustou o som, luz e os microfones. Raick Silva, que controlou o tempo dos candidatos. Pe. Edilberto Sena, que conduziu com maestria. A gerente da Emissora Joelma, que junto com Liane, Sônia e Francy cuidaram da recepção de todos. João e Socorro Carvalho que fizeram a mídia externa. Jessica Santos e Antonio Gualberto que cuidaram das entrevistas e perguntas dos ouvintes. 

Àh,  não posso esquecer o Zé Maria que fez as chamadas do programa e ao Rui Guilherme que as gravou... Gustavo Campos sentimos sua falta. Mas ainda tem o próximo. E que venha o próximo, que seja tão bom quanto o primeiro. Dia 28 de setembro é o segundo Debate e dia 14 de setembro em Mojuí dos Campos..... O dia foi corrido, mas estou contente. Depois tem transmissão do show de calouros da feira da Cultura Popular direto da praça... Acompanhe pela Rádio Rural, e se puder vá a praça prestigiar....



Joelma Viana
Coordenadora de Jornalismo da Rádio Rural de Santarém

FUTEBOL DE RUA UNE JOVENS DO BRASIL E DA ALEMANHA EM REALITY SHOW


Cineasta alemã planeja programa com jovens talentos dos dois países. Após processo seletivo, cinco finalistas de cada país disputarão a partida decisiva em 2014, ano de Copa do Mundo no Brasil.
Cinco adolescentes brasileiros de um lado, cinco alemães do outro. Jovens talentos do futebol de rua reunidos em uma série de televisão. Esta é a proposta do projeto multimídia 5 Heroes, iniciativa aliada ao ano da Alemanha no Brasil 2013/2014 e à Copa do Mundo de 2014.
A primeira tarefa, em 2013, será encontrar os jogadores, divididos em dois grupos: de 11 a 13 e de 14 a 16 anos. A ideia é transmitir o processo seletivo – uma espécie de reality show – em emissoras do Brasil e da Alemanha. Os jurados percorrerão seis grandes cidades dos dois países. Rio de Janeiro, Salvador, Berlim e Colônia estão entre os possíveis destinos.
Os cem melhores candidatos escolhidos disputarão as vagas para as equipes nacionais – formadas por três meninos e duas meninas. Ao final, os cinco heróis finalistas alemães e brasileiros se enfrentarão em 2014 no Brasil, aproveitando o clima da Copa do Mundo no país.
 No futebol de rua, cada time tem cinco jogadores, o que explica em parte o nome do projeto.
Além das transmissões pela TV, Schirmer pretende disponibilizar os vídeos da fase de seleção e das histórias de vida dos candidatos em uma plataforma na internet – em português, alemão e inglês. O público também poderá votar nos candidatos em cada rodada.
Paixão binacional

O projeto surgiu antes mesmo que Schirmer descobrisse que 2013 seria o ano de seu país no Brasil. A cineasta e membro da Academia Alemã de Televisão trabalha no desenvolvimento de formatos voltados para o público jovem. "Me interesso sobre o modo como os jovens veem o mundo", diz.
Para desenhar o 5 Heroes, Schirmer entrevistou adolescentes alemães sobre seus interesses e chegou ao tema futebol. E, ao pensar no esporte, logo se pensa no Brasil. A diretora decidiu focar-se, então, no futebol de rua, do qual "o Brasil é a Meca". Mas, assim como os brasileiros, os alemães também são apaixonados pelo esporte. "Os dois são países do futebol", considera.
"O principal objetivo do 5 Heroes é dar ao jovem participante a ideia de que através de nossas paixões – no caso, o futebol de rua – podemos ter uma visão cultural mais ampla", afirma Carlos von Ysenburg, representante do projeto no Brasil.
Participar do projeto expandirá os horizontes dos jovens brasileiros e alemães, completa Schirmer. Eles terão aulas de idioma – nível básico de alemão ou português – e, com as viagens, aprenderão sobre a cultura do próprio país e também a do adversário. "E quem sabe um talento do futebol seja descoberto", espera.
 Em busca de parceiros
Após o desenvolvimento do conceito do 5 Heroes, Schirmer encara agora o desafio de conseguir parceiros alemães e brasileiros nas áreas de audiovisual, esportes, economia e turismo.
 Projeto requer 1,5 milhões de euros de patrocinadores da Alemanha e do Brasil
 A fase de seleção dos candidatos está planejada para começar em maio de 2013, juntamente com o início do ano da Alemanha no Brasil. O site com a proposta do projeto já está no ar, ainda sem versão em português.
 "Com o nosso projeto, potencializamos a atenção sobre o ano da Alemanha no Brasil e sobre a amizade Brasil-Alemanha", destaca Schirmer. "O projeto 5 Heroes vai mostrar que com grandes eventos esportivos e culturais e boas ideias muitas barreiras podem ser deixadas de lado, fortificando uma saudável relação entre países", completa Ysenburg.
Fonte: Site da DW

PROFESSORA DEFENDE TESE E CONQUISTA TÍTULO DE 1ª DOUTORA TRAVESTI DO PAÍS

Luma Andrade na defesa de tese nesta sexta-feira (17) na Universidade Federal do Ceará
(Foto: Igor Grazianno/UFC)

Cearense estudou a aceitação de travestis nas escolas.
Trabalho foi apresentado na Universidade Federal do Ceará nesta sexta.
A professora cearense Luma Andrade defendeu tese nesta sexta-feira (17), em Fortaleza, e se tornou aos 35 anos a primeira travesti a ter título de doutorado no país. A banca de cinco professores que avaliaram o trabalho durante três horas indicou o material à publicação, segundo Luma. “Para além da nota, a indicação para publicação de um livro é ainda mais importante porque mostra que eles consideraram o trabalho de extrema relevância'', disse. Luma pretende agora seguir carreira política e preparar-se para o pós-dourado.
A doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC) estudou o tratamento dado a travestis em escolas de três cidades cearenses para elaborar a tese ''Travestis na Escola: Asujeitamento e Resistência à Ordem Normativa'' . Nas páginas da tese, ao pesquisar 95 casos, Luma diz ter visitado a própria história. Segundo ela, o estudo conclui que há uma ''evasão involuntária'' de travestis nas escolas cearenses e, que em geral, ''a família aceita e a escola não''.

Filha de agricultores analfabetos, Luma nasceu João Filho Nogueira de Andrade na cidade de Morada Nova, a 163 quilômetros de Fortaleza, mas no dia da mulher de 2010, ganhou o direito de mudar os documentos sem a operação de mudança de sexo. “Canalizei toda a energia para os estudos e, assim, fui conquistando respeito de todos. Busquei no estudo uma alternativa de vida melhor”, afirmou.
Aos 18 anos, Luma passou no vestibular para o curso de Ciências da Universidade Estadual do Ceará (Ceará), no campus de Limoeiro do Norte. Em 1998, foi aprovada no concurso para professor efetivo da rede municipal de Morada Nova e também começou a ensinar em escolas estaduais e particulares e depois obteve o título de mestre em Desenvolvimento do Meio Ambiente em Mossoró, no Rio Grande do Norte. Com o título de mestre, em 2003, ela prestou concurso para a rede estadual de ensino de Aracati e, de quatro vagas, foi a primeira e única aprovada.
Fonte: G1

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...