quarta-feira, março 27, 2013

PRÊMIO FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL - INSCRIÇÕES ABERTAS


Abertas as inscrições para o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2013

 Prêmio certifica soluções sociais bem sucedidas. Nesta sétima edição serão 15 tecnologias sociais premiadas com R$ 800 mil para investimentos.

Estão abertas, desde  quinta-feira, 21 de março, por meio do site www.fbb.org.br/tecnologiasocial, as inscrições para a 7ª edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social. 

Criado pela Fundação BB em 2001, o Prêmio certifica como “Tecnologia Social” metodologias bem sucedidas, desenvolvidas na interação com a comunidade, que resultam em transformações efetivas na vida das pessoas.


Podem se inscrever instituições sem fins lucrativos, de direito público ou privado, que promovam e estimulem essas práticas. Serão premiadas iniciativas em cinco diferentes categorias: Comunidades Tradicionais, Agricultores Familiares e Assentados da Reforma Agrária; Juventude; Mulheres; Gestores Públicos; e Instituições de Ensino, Pesquisa e Universidades.

Os projetos vencedores receberão R$ 80 mil. Neste ano, a novidade é a premiação, também para o segundo e terceiro colocados, em cada categoria (R$ 50 mil e R$ 30 mil, respectivamente). No total, serão destinados R$ 800 mil para aperfeiçoamento ou reaplicação da tecnologia social premiada. As tecnologias finalistas receberão, ainda, um ultrabook, além de troféu. Em seis edições, a Fundação BB já investiu R$ 2,4 milhões em premiações.

Entre as práticas vencedoras na última edição do Prêmio, realizada em 2011, estão o Banco Comunitário Muiraquitã, que promove uma espécie de consórcio e possibilita a troca de produtos e serviços entre a comunidade; o Banco de Sementes Comunitários, que dinamiza o processo produtivo de agricultores por meio de estoque coletivo; além da instalação de  Cisternas nas Escolas em municípios baianos; e o Projeto Fazendo Minha História: Biblioteca Infanto Juvenil, que incentiva a leitura ao instalar bibliotecas em instituições tutelares.

O manual de inscrição e o regulamento com mais informações sobre o Prêmio estão disponíveis no site www.fbb.org.br/tecnologiasocial

Banco de Tecnologias Sociais (BTS)

As Tecnologias Sociais certificadas pela Fundação Banco do Brasil, por meio do Prêmio, passam a integrar o Banco de Tecnologias Sociais (BTS), uma base de dados on-line disponível no site www.fbb.org.br/tecnologiasocial e que contém informações sobre as tecnologias e instituições que as desenvolveram. O BTS é o principal instrumento utilizado pela Fundação BB para disseminar, promover e fomentar a reaplicação de tecnologias sociais. Ao todo, a plataforma online reúne, hoje, 504 dessas tecnologias, todas elas certificadas em edições anteriores do Prêmio.
  
O Prêmio

Realizado a cada dois anos pela Fundação Banco do Brasil, o Prêmio tem como objetivo identificar tecnologias sociais inovadoras, que promovam o envolvimento da comunidade, transformação social efetiva e possibilidade de serem reaplicadas, implementadas em âmbito local, regional ou nacional e que sejam efetivas na solução de questões relativas à alimentação, educação, energia, habitação, meio ambiente, recursos hídricos, renda e saúde. O Prêmio é realizado em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES, a Petróleo Brasileiro S.A. - Petrobrás, a KPMG Auditores Independentes, além da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Fonte: FBB

CENTRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL É INAUGURADO EM FOZ DO IGUAÇU


Com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável por meio do fomento e da reaplicação de tecnologias sociais, foi inaugurado  em 13 de março, no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), o Centro de Referência em Tecnologia Social, em parceria com a Fundação Banco do Brasil e Itaipu Binacional.  O Centro será um espaço que congregará as diversas tecnologias sociais que o Brasil dispõe. Desde 2001, a Fundação BB certifica e fomenta essas tecnologias – produtos, técnicas ou metodologias inovadoras que representam efetivas soluções de transformação social.

Para o diretor-superintendente da Fundação PTI, Juan Carlos Sotuyo, a inauguração do Centro garantirá a introdução do tema tecnologia social entre a comunidade. “Para a Fundação PTI, é uma honra inaugurar o Centro de Referência em Tecnologia Social como resultado de uma articulação feita em conjunto com a Fundação Banco do Brasil e a Itaipu Binacional. Este espaço será um ponto de encontro entre todos os atores que tem a responsabilidade de levar o tema tecnologia social para conhecimento de todos”, disse.

O presidente da Fundação Banco do Brasil, Jorge Alfredo Steit, destacou a preocupação da Fundação BB em criar centros em regiões fronteiriças. “A Fundação Banco do Brasil já ajudou a criar outros centros pelo País e, recentemente, passamos a olhar para as regiões fronteiriças. Nosso objetivo é contribuir com o processo crescente de integração. Também criaremos centros nas fronteiras do Brasil com o Uruguai e a Bolívia”, pontuou.

“É a união de esforços que muda a realidade da comunidade. O Centro é um importante instrumento de integração, que levará instrução e conhecimento. Esta é a rede do bem, que só busca o desenvolvimento, levando à prosperidade ao nosso País”, disse o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Samek.

O evento também foi prestigiado pelo gerente de Parcerias, Articulações e Tecnologia Social da Fundação BB, Jefferson D’Avila de Oliveira; pelo diretores da Itaipu Nelton Friedrich, de Coordenação; Cezar Eduardo Ziliotto, Jurídico; e Margaret Groff, Finaceira Executiva; pelo diretor técnico da Fundação PTI, Cláudio Osako; e pelo assessor internacional da Secretária-Geral da Presidência da República, Murilo Vieira Komniski.

Rede de Tecnologias Sociais para o Mercosul

Representantes de diversas instituições latino-americanas que desenvolvem projetos na área de tecnologias sociais participaram do encontro que apresentou a Rede de Tecnologias Sociais para o Mercosul, no PTI. O encontro antecedeu a inauguração do Centro de Referência em Tecnologias Sociais.

Tânia Judite, coordenadora da Rede, apresentou o projeto-piloto de uma plataforma virtual que permitirá a interação entre as diversas comunidades que trabalham na área. Semelhante às rede sociais, a ferramenta foi desenvolvida em software livre e também servirá como um agregador de conteúdos relacionados ao tema e divulgados pelas instituições parceiras.

A plataforma também contará com comunidades, grupos de discussões e divulgação de eventos. “Nosso objetivo é levar o conhecimento sobre as tecnologias sociais e promover a integração entre os parceiros”, finalizou Tânia.


                                                                                                                                            Fonte: FBB

SANTARÉM A CIDADE DOS EVENTOS...


“...Ele saltitou a minha imaginação quando vi um outdoor...
Santarém, cidade dos eventos...”

Santarém dos “Seca Boteco” aos Biquíni Cavadão
Santarém está em alta estação, presta atenção:
Wanderlei Andrade, Berg Guerra, Leo Magalhães,
Não bastasse isto, olho para o lado e vejo:
Diogo Nogueira, ícone nacional do Samba,
No aniversário do Iate Clube.
Será pagonejo, funknego ou sertanejo dessa vez?
Aja grana e fôlego pra tanta balada. Veja.
Mas, primeiramente vem a TDB,
A turma do Pagode vai chegar
Com muitos “hits” maneiros pra gente sambar.
Nestes meses de mais chuva,
O calor das festas faz a diferença, Com água ou sem água,
Há quem beba até cerveja quente, na metade da “nigth”
Pra dizer que compareceu e fez a presença naquele lugar.
Há poucos dias atrás desceu um Avião do Forró,
Depois ficou um Bagaceiro, semeando, rapidamente o Ricardão,
Pois o Rabo de Vaca já tinha se ido com o  Xiado da Chinela.
Uma verdadeira arena de eventos expande-se por essas bandas.
É um “bora bora” de festa, farra  e alegria que só os promotores sabem
Tanto trabalho deve render-lhe um prêmio, e espero que tenham, sempre,
Pão e vinho a sua mesa, e umas “mina pira” para pirar...
Já antecipando o Clube da Viola com Guilherme e Santiago,
Porque o violada Mix 02 já trouxe Gustavo Lima e Humberto e Ronaldo
E Acabo de saber que dia dezenove tem Michel Teló, que vai ser um nó...
“Nossa, nossa assim você me mata” pra ninguém botar defeito.
Coisa que vimos bem quando veio de Belém
Um Jumby Reggae, soltando fumaça no coqueiro,
Fazendo a galera delirar e acenando 
Para um Chicabana, chegar bacana
Junto com uma nova piração da moçada,
Os Ackles ou Etkles, por aí... coisa assim...
Não sei ao certo ainda o que é,
Se tem a ver com Mc Pixadão e Cia,
Que passa por aqui também estes dias,
Não falta opção, até pra fazer bem ao coração,
Ainda tem o baile da saudade na Sygnus Clube,
Pra completar o Fruto Sensual e o Xeiro Verde
Que o sábado passado deixou no Espaço RDX,
Absolutamente demais, duas marcantes.
Agora, quanto aos Eckles, Etkles ou...
Qualquer outra coisa que “vem.aí”, não sei.
Afinal, foi só uma rápido passeio, a trabalho,
– Se é que você me entende –
Pelas ruas minhas da minha cidade.
Como disse:
“...Ele saltitou a minha imaginação quando vi um outdoor...
Santarém, cidade dos eventos...”
E na semana Santa, para onde iremos e o que diremos?
Salve Deus ou Salve Jorge?


César Sousa – professor santareno
Ele na foto... com cara de louco. kkkkkk

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...