quarta-feira, abril 24, 2013

SAUDADE É ASSIM…


Quando se está com raiva existe a palavra, o grito, os argumentos e até a vontade de ficar longe.

 Quando se está feliz existe o abraço, o carinho, o aconchego e as risadas compartilhadas.

 Quando se está triste existem as lágrimas, o desabafo, a mão estendida e o ombro que vai amparar o rosto.

 Quando se está com saudade, não existe nada… não há presença, cheiro, olhar, sorrisos, voz ou proximidade da pessoa que se quer ter perto.

 Saudade é vazio preenchido de vontade, é sede que não sacia, é fome que não acaba. Saudade é falta.

 Saudade é estar só e ao mesmo tempo rodeada de uma presente ausência, de pensamentos recorrentes, de desejos intermináveis.

 Saudade é dormir sentindo, sonhar revivendo e acordar enquanto a alegria continua adormecida.

 Saudade não tem cor, mas pode ser cinza quando não há volta ou iluminada como o sol, quando sabemos que estaremos perto de novo.

 Saudade é contar o tempo e acreditar que ele está mais lento, é ter a sensação constante de que toda a angústia acabará em alguns minutos, dentro de um abraço.

 Saudade é não saber e tentar imaginar onde está quem queremos.

 Saudade é música que aperta o peito, riso que desperta o choro, passado que queremos transformar em presente.

 Saudade é nostalgia do que ainda não conseguimos esquecer… ou do que não queremos esquecer.

 Saudade é perfuro-cortante, afiada e fria como uma lâmina, mas que se transforma em fogo quando terminada.

 Saudade é ficar esperando o dia, a hora, o lugar e o momento de dizer “eu senti saudade!”.

 Saudade é olhar de longe e pensar o que fazer para acabar com a distância.

 Saudade é insana, não tem planejamento, discernimento ou auto-controle… simplesmente revira e tira tudo do lugar.

 Saudade é reconstituir por muitas, muitas, muitas vezes o último beijo e o último sorriso.

 Saudade é planejar os próximos abraços, toques, ficar agarradinho… é a expectativa de encontrar de novo.

 Saudade é isso que você está sentindo agora, enquanto lembra de quem te desperta esse sentimento.


Desconheço a autoria

"A ARTE DE NÃO ADOECER"



Se não quiser adoecer - "Fale de seus sentimentos"

Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até em câncer. Então vamos desabafar, confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados. O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia.

Se não quiser adoecer - "Tome decisão"

A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.

Se não quiser adoecer - "Busque soluções"

Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.

Se não quiser adoecer - "Não viva de aparências"

Quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas de peso... uma estátua de bronze, mas com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

Se não quiser adoecer - "Aceite-se"

A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.

Se não quiser adoecer - "Confie"

Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.

Se não quiser adoecer - "Não viva sempre triste"

O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive. "O bom humor nos salva das mãos do doutor". Alegria é saúde e terapia.


Dr. Dráuzio Varella

A ARTE DE SER UM PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL


"Se temos uma criança que tem cem linguagens,
precisamos de um professor poliglota"
.


 Sinara Almeida -Professora Doutora da  UFOPAPalestra: "Eu caçador de mim": o professor de educação infantil em busca de sua identidade.


SEMANA DA COMUNICAÇÃO VAI ABORDAR DIVERSIDADE, REDES SOCIAIS E EVANGELIZAÇÃO


Tudo pronto para a realização da 13ª Semana da Comunicação. Será de 27 deste mês (sábado) a 5 de maio. O evento é promovido pela Diocese de Santarém e organizado pela Pastoral da Comunicação. 

A abertura oficial, em nível diocesano, será com uma celebração eucarística, às 19h30 no salão da paróquia São Francisco de Assis, na cidade de Monte Alegre. Será presidida pelo bispo da Diocese, Dom Flávio Giovenale e transmitida pela Rádio Rural de Santarém em cadeia com a Rádio Gurupatuba FM de Monte Alegre.

 É a primeira vez que a abertura da Semana da Comunicação acontece fora do município de Santarém. As comunidades e paróquias também irão celebrar a abertura nos seus horários de costumes.

Nesse período serão realizadas nas paróquias e comunidades palestras, seminários, roda de conversa, oficinas, reflexões nas CEBs, concurso de leitura, vídeos, gincanas, debates, para marcar o evento.

Estão marcados, ainda: uma atividade chamada Dia “D” nas escolas católicas: São Francisco, São Raimundo, Dom Amando e Santa Clara. Será 30 de abril (terça-feira) sobre o tema da 13ª Semana; um debate radiofônico na sexta-feira, 03 de maio, às 09h30, na Rádio Rural, e um Painel integrado também para o dia 3 de maio, às 19h30, no auditório do colégio Santa Clara.

O painel vai abordar o tema: Comunicação e diversidades contemporâneas: novos tempos, novas ambiências e novos sentidos, e tem como público principal padres, agentes de pastoral, lideranças comunitárias, estudantes de curso de comunicação social e estudantes do ensino médio e profissionais da imprensa.

A 13ª Semana vai abordar o tema: “Comunicação, Juventude e Fé: diversidade, integração e evangelização” que está em sintonia com o ano da Fé a da Juventude.

Uma caravana de Santarém vai de ônibus para participar da abertura oficial do evento, em Monte Alegre.

Ercio Santos – Coordenador Diocesano da Pastoral da Comunicação

Postagens em destaque

UM POEMA PARA ÁMON

Há dez meses... Você chegou!!! Trouxe no riso o estro. No calor O mais lindo poema de amor. Tão pequeno, tão meigo. Porém, forte e...