terça-feira, dezembro 24, 2013

LITERATURA AFRICANA - PROGRAMA PLURAL Nº 15


 

 RAPARIGA

Cresce comigo o boi com que me vão trocar
Amarraram-me às costas, a tábua Eylekessa
Filha de Tembo organizo o milho
Trago nas pernas as pulseira pesadas
Dos dias que passaram...
Sou do clã do boi — Dos meus ancestrais ficou-me a paciência
O sono profundo do deserto, a falta de limite...
Da mistura do boi e da árvore a efervescência o desejo
a intranqüilidade a proximidade do mar Filha de Huco
Com a sua primeira esposa
Uma vaca sagrada, concedeu-me o favor das suas tetas úberes

Paula Tavares

COMBUSTÍVEL


"Fiz de você meu combustível,
Meu horizonte, meu abrigo
E num momento mais sensível
Quis ter você sempre comigo"...



Ana Carolina

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...