quarta-feira, agosto 20, 2014

EM CADA CANÇÃO...

Cada canção é com um hino desse amor em erupção. Amor que se renova como inspiração de versos adormecidos, escondidos no fundo do meu olhar. Você meu poema de rimas livres e intercaladas, minha delicadeza de amar. Na poesia do encontro, versos indefinidos, sentimentos subtendidos no contraste da simetria de estrofes inacabadas.  Na vitrola, velhas músicas reacendem novos sentimentos de amor. E você vem único, pomposo, poderoso e se espalha inteiro  em todo meu  encanto de amor. Vem  em cada canção suave, que  vem como  contraste da minha paisagem, neste  mágico fim de tarde.



Socorro Carvalho
Foto : Emano Loureiro

Postagens em destaque

UM POEMA PARA ÁMON

Há dez meses... Você chegou!!! Trouxe no riso o estro. No calor O mais lindo poema de amor. Tão pequeno, tão meigo. Porém, forte e...