Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 7, 2016

RECITAL EM CONSTRUÇÃO...

Imagem
O recital : “Canta a tua aldeia e serás universal” vem sendo construído ao longo do ano, por meio das atividades desenvolvidas pelo grupo de crianças,  sob a coordenação da Professora e Cantora Priscila Castro e os professores de música que acompanham as crianças nos ensaios, no Projeto.

No local improvisado as crianças recebem o acompanhamento, ensaiam, cantam e encantam com a harmonia musical,  que ecoa suave por salas e corredores dos fundos da igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro da Liberdade. Porém, antes da afinação tem todo um preparo de organização de posturas e afinação de equipamentos.
 Nessa hora, de forma silenciosa, as crianças aprendem juntas através dos gestos o sentido real  da solidariedade. Solidariedade que vem na afinação do violão, na troca de informações, na amizade, no diálogo, quando eles e elas aprendem valores e respeito para com o outro. Sem falar da alegria que toma conta e se expressa no sorriso bonito que vem de cada rosto enfeitando o …

HOJE VI O SOL... ( Para meu neto Pedro Luiz Filho)

Imagem
Hoje caminhando na rua vi o sol se pondo. Era um lindo espetáculo. A tarde findava e exuberante ele se exibia a cintilar uma paisagem cheia de beleza e esplendor. Meus olhos contentes contemplavam aquele por do sol, enquanto tua imagem se desenhava em minha mente cheia de saudade. A grandeza do sol era semelhante a imensidão do meu amor. A beleza daquele sol tinha a alegria do teu sorriso mais lindo. E de tanto encanto só pensava em ti, meu neto querido. De repente, meus pés caminhavam flutuando na brisa que passava deixando o teu cheiro, perfumando minha estrada. Era um doce aroma de saudade. Saudade do teu belo sorriso a alegrar minhas madrugadas. Metáforas me dominavam enquanto caminhava. O por do sol era a mais linda imagem a encher de esperança e poesia cada espaço. Continuei a caminhar e observar a beleza da tarde. O cenário, os carros, as pessoas tudo parecia mágico em meus passos. Era minha mente de vó cheia de saudade. Saudade de ti, amor da vovó... Hoje vi o sol, no fim da …