sexta-feira, abril 28, 2006

GRITO ECOLÓGICO


Natureza viva !
Beleza que transmite vida.
Em águas puras, que saciam sede,
Em verdes matas que embelezam os campos,
Céu azul que contrasta o entardecer.

Natureza viva!
Viva.
Se o homem dia a dia,
Não a fizesse desaparecer.
Com mãos bruscas que poluem as águas,
Com máquinas afiadas que sangram e arrancam, a punhaladas
O tronco verde das árvores grandes e pequenas que tombam.
É o homem!
Destroçando!
Devastando!
Sepultando a própria vida.
Natureza ameaçada e amedrontada,
Com medo de falecer.
É o homem!
Rebelando-se e esfacelando,
O próprio meio de sobreviver.
Apressado, no corre corre da vida,
Em busca do "Progresso".
Não raciocina, não observa
Apenas destrói, destrói a Natureza
Que ocultamente insiste em não perecer.

A Natureza chora!
No grito sufocado da árvore que recaí lentamente,
Na devastação exorbitante.
A Natureza chora!
Sob o fogo devastante da grande queimada,
Que extingue a vida da flona mais linda.
A Natureza Chora!
No lamento afogado, das águas que fogem
Do mercúrio que mata seus peixinhos e ameaça o ribeirinho.

A Natureza grita!
Na teimosia de uma flor,
Que insiste em brotar no córrego da imundície,
Sobre o fédido lixaral!
Mesmo assim, ela germina, viva e pura.
Para então, ser ceifada pela ignorância humana,
Que não a contempla,
Nem sequer a percebe.

É a Natureza apelando!
O homem a sacrificando !
Numa constante procura,
De algo ou de não sei o que?
Talvez de uma Natureza morta,
Que nada mais tenha a oferecer.
Só restos depredados,
Ar contaminado,
Verde devastado,
Oxigênio limitado.
Ai então, quando essa natureza chegar,
O homem vai chorar.
Uma lágrima triste,
Que jamais vai reconstituir
A Natureza perdida!

Socorro Carvalho

HOJE














Hoje,
Não quero ganhar beijos confeccionados...
Quero ser beijada com ardor e carinho.
Não quero rosas artificiais...
Quero rosas naturais com bilhetinho.
Não quero cartões importados...
Quero cartões escritos no lencinho de papel.
Não quero beijo na mão por protocolo...
Quero beijos ardentes de amor.

Hoje,
Não quero ser chamada de sexo frágil...
Quero ser forte com a força do meu coração.
Não quero ser reconhecida só por meus encantos...
Quero ser apreciada pela minha inteligência.
Não quero ser olhada apenas como alvo de desejo...
Quero ser celebrada pelas minhas atitudes e vitudes de guerreira.
Não quero ser admirada só por minhas curvas delineadas...
Quero ser olhada com admiração viva de uma batalha constante.

Hoje,
Não quero ser reconhecida só pela fragrância da minha pele...
Quero reconhecimento pelo aroma da minha luta por igualdade social.
Não quero ser notada apenas pelo decote do meu vestido...
Quero ser olhada pela intelectualidade que possuo.
Não quero ser abraçada apenas por um momento de emoção...
Quero um abraço terno e sincero de amizade todos os dias.
Não quero ser ouvida apenas quando estou fragilizada...
Quero ter um coração para ouvir o meu sempre em todos os momentos.

Hoje,
Não quero ser manchete apenas quando erro no trânsito...
Quero destaque por minhas conquistas e vitórias concretas.
Não quero ser apenas alvo de malícias sexuais...
Quero ser vista com as virtudes que habitam em mim
Não quero ser amada só como recompensa...
Quero um amor de verdade, sem divisões mesquinhas.
Não quero receber poemas copiados...
Quero ser a inspiração verdadeira da poética.

Hoje,
Não quero ler frases sem nexo, sem vida...
Quero palavras autênticas e verdadeiras.
Não quero ser homenageada só em memória...
Quero ouvir em vida todas as declarações que mereço.
Não quero ser respeitada só por ser mãe, amiga, companheira...
Quero respeito porque sou humana, tenho dignidade e direitos.
Não quero ser apenas instrumento de procriação...
Quero ser mais que isso,
Porque sou MULHER, sou gente...
Acima de tudo, mereço ser feliz.

Socorro Carvalho



CARTA DE AMOR


Bom Dia meu amor!!

De repente estou eu aqui novamente, a escrever-te.
E talvez estejas perguntando-te, o que ainda tens a dizer-me?
Ah, amor! Quantas coisas lindas ainda não pude dizer a você.
Porque seu carinho, seu amor, renova em mim novos motivos para dizer-te
Tudo de belo que habita em minha alma, por isso estou aqui...
Dessa vez quero escrever uma carta de amor, de carinho
E nela expressar, mais uma vez, um pouco desse meu sentir.
Não quero falar de tristeza, nem de angústia, nem tampouco de saudades.
Hoje quero te falar da alegria, que sinto quando você está bem próximo de mim.
Hoje quero te falar da alegria, em poder encontrar bem cedo a magia linda do teu sorriso que magnetiza meu dia.
Hoje quero te falar da alegria, de poder abraçar-te, beijar-te sentindo teu cheiro e teu sabor dentro de mim.
Hoje quero te falar da alegria, de ler suas mensagens no meu celular, dizendo que me adora, que ta com saudade.
Hoje quero te falar da alegria, da certeza que tenho em saber que estou dentro do seu pensamento, mesmo quando você está distante.
Hoje quero te falar da alegria, de ver a felicidade em teu olhar quando te encho de dengos e chamegos.
Hoje quero te falar da alegria, de poder fazer-te minha inspiração, meu verso, minha poesia, minha rima de amor.
Hoje quero te falar da alegria, de ver a força do destino que fez você entender o quanto te amo, e hoje me faz feliz.
Hoje quero te falar da alegria, em perceber a plenitude do meu querer, que sempre traz você dentro dos meus pensamentos, de um jeito tão maravilhoso.
Hoje quero te falar da alegria, de ver teu gozo absoluto na expressão única da tua face.
Hoje quero te falar da alegria, de sentir você dividindo comigo coisas simples, como um menino pequeno a brincar com a vida.
Hoje quero te falar da alegria, de poder ouvir sua voz sussurrando palavras ao meu ouvido, dizendo que me quer.
Hoje quero te falar da alegria, de poder te amar e não ter vergonha de dizer-te a todo instante o quanto você é importante para mim... Todos os dias da minha vida...

TE ADORO, MEU AMOR!!

Socorro Carvalho

Postagens em destaque

Em entrevista, o Poeta e Compositor santareno Renisson Luis Vasconcelos fala de sua arte e do amor que tem por Nossa Senhora da Conceição

Estamos na semana que antecede o Círio 2017 de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Santarém.  Uma semana intensa de preparativos ...