terça-feira, maio 08, 2007

A HORA


Tic tac
Tic tac
Barulho infernal
Azucrina meus momentos
Relógio insistente
Que marca a hora sem parar...
Marca hora da tua chegada
Anuncia a hora da tua partida.



Tic tac
Tic tac
É o ruído do tormento
Maltrata meu coração.
Relógio da parede
Cronômetro impiedoso
Do nosso pouco tempo emprestado.



Tic tac
Tic tac
Sinal do tempo
Relógio teimoso (insistente)
Insistir é teu prazer
Insiste em prosseguir
Contar as horas do tempo
Levar você de mim.



Tic tac
Tic tac
Faz o tempo
Tormento do meu viver
Relógio maldito
Que estagna no tempo
Quando estou sem você.



Tic tac
Tic tac
Cuidado relógio inimigo
Ainda vou destruir você
Para assim...
Parar o tempo
E ter meu amor aqui
Sem hora certa de ir...


Socorro Carvalho

*Ah, relógio... que tormento!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...