sexta-feira, junho 08, 2007

A CHAMA DA SAUDADE


O tempo parece estagnar.
Deitada em nossa cama.
Meu olhar a fitar o teto.
A cor alegre do quarto.
Agora parece sem vida.
Ao meu redor o vazio de sua partida.
O peito queima, arde de tristeza.
Dentro do coração lágrimas de saudades.
No porta retrato de minha cabeceira, seu retrato ainda está.
Na fotografia vejo seu sorriso tão lindo.
Sinto-me morrer.
Os pensamentos agonizam.
Meu olhar nubla-se descontente.
Tudo é sofrer.
Solidão.
Fixo ao telefone minha atenção.
Mas o telefone mudo, não toca.
O vazio toma conta de mim.
Em nossa cama, ainda está colado à fragrância do seu perfume.
Em silêncio, abraço o seu travesseiro.
Perdida em devaneios só penso em você.
Da gaveta, do meu guarda-roupa, retiro cartas suas.
Tantas palavras de amor, escritas nas folhas amareladas pelo tempo.
A lacuna da sua presença está em nosso quarto.
Não consigo entender por que você se foi.
De repente lembro-me.
É sábado!
A noite preferida de nós dois.
O dia do vinho.
O momento de brindar o nosso amor.
O jantar à luz de velas e música suave ao fundo.
Instantes mágicos do nosso amor.
Olhos sedentos de você.
Levanto-me lentamente e no toca cd,coloco nossa música para ouvir.
“Outra Vez” ouça o Roberto Carlos cantar.
Perco-me, então, em suas lembranças.
Fecho os olhos e trago você para mim.
Tantas músicas marcaram nossas vidas.
A noite parece pequena para tanta solidão.
Ouço Djavan, Maria Betânia, Gal Csta e etc...
Em cada canção um pouco de você.
Da vidraça da janela, vejo a lua.
Deslumbrante, vem como deusa a trazer no luar saudades suas.
Como poeta, tudo em mim é inspiração.
A saudade do seu beijo.
A saudade do toque de suas mãos.
Tudo me inspira saudade.
Você se foi.
Preso em seu orgulho, deixou-me aqui, tão sozinha.
A sofrer calada a ausência do seu amor.
Como uma lança envenenada sua ausência vem dilacerar meu peito.
Sinto o fogo da paixão me queimar.
E de tanta inquietude sinto a chama da saudade incendiar todo meu ser.
Oh! Amor ausente onde está Você?
A chama da minha saudade chama por você...


Socorro Carvalho


*Estava sozinha, na Tv Vida, (emissora de Televisão onde trabalho à noite) e de repente veio essa inspiração e então escrevi tudo isso.
Sem dúvidas, que cada um e cada uma, troca apenas o nome da música e dos cantores e coloca sua história da maneira que quiser.
Mas uma coisa quero ressaltar.
Meu amor não está ausente, NÃO. E eu estou Muito Feliz!!
Às vezes, sinto só uma saudade ardente dele, mas logo ele aparece e...Etc..etc..etc...

QUANDO A EMOÇÃO FALA....

Help!
Essa poesia, "O HOMEM DA ESQUINA" mexeu muito comigo...
Pela humildade desse vendedor de bombons,
também me fez lembrar de um herói chamado PEDRO 20...
Meu PAI,
Um homem simples, carregador do cais das Docas como ele chamava...
Mais que me ensinou o que é caráter , dignidade, honestidade..


Oh! Pai, me lembro do senhor todos os dias, sinto falta das tuas benção...
Mais lembro de você entrando na igreja comigo.
E abençoando meu casamento.
É por isso que deu certo pela sua benção.
Meu pai não é o homem da esquina, mais foi o HOMEM DO CAIS , DOS NÁVIOS, DOS BARCOS E Também dos apapas...
Porque enquanto esperava a chegada das embarcações pescava..

Olha! Parabéns pela bela poesia..

Você merece vários prêmios..

E tenha certeza você é o orgulho da família...


Um beijo pro HOMEM DA ESQUINA...


E PRA VC também mana...

Conce Lima Mota

Altamira-pá



*Na foto1: Conce Mota ( minha irmã que mora em Altamira)

Na foto2: Ela e o Jorge Mota (esposo dela)



É HORA... É HORA...




Hoje é por tua conta heim!!
FELICIDADESSSSSSSSSSSSSSSS!!!
Beijos de todos nós aqui de casa que te amamos muitooooooooooooooooo!!!
Deus te abençoe juntamente com Dulce e toda essa turma maravilhosa que tem por ai.
Saudações Palmeirense!!!

FRANCISCO WILSON!!!


Hoje os perfumes das flores estão mais puros
O céu está alegre e as nuvens parecem entoar cânticos em sintonia com o vento
Numa completa alegria!
É seu aniversário!

Momento lindo da vida!
Quando podemos celebrar o dom da vida e toda a essência que ela nos presenteia,
Em cada novo alvorecer.
Como o astro Sol ,
Um dia, você chegou em nossas vidas!
Pequeno, lindo, sadio!
Veio nos brindar com sua presença maravilhosa!
Tornou-se o mimo, de todos nós, mas principalmente do papai!
Era você, sempre o centro de todas as atenções!
Menino robusto, alegre, inteligente, o caçulinha da casa.
Aquele que papai embalava na rede, todas as noite, cantando “murucu tu tu de cima do telhado”.
E aconchegado de tanto carinho dormia feliz como um anjo.

Era você que tantas vezes papai ensinava a falar, a pronunciar palavras...
E como típico caboclo fazia você repetir nomes de peixes da nossa região....
E lembro ainda muito bem, quando ele dizia..Aracú,Pacú, Jaraqui, Acari... e etc.
E quando ele repetia o mesmo nome você logo o advertia...assim:
“_ Esse não, pai o senhor já disse”
E era motivo de risos pra todos nós, lá em casa.
Que já ficávamos esperando o papai repetir para ouvir você dizer aquela frase, toda vez.
Coisas inesquecíveis da sua infância!
Até mesmo suas peraltices e danações, eram motivos de alegria.

Mas o tempo passou e você, foi crescendo, crescendo...
Tornou-se um menino, ainda traquino
Nunca perdia tempo em deixar sua marca
Acompanhado de Ornicinho (seu amigo preferido das muitas perversidades de moleque...)
Mas o tempo continuou passando e você crescendo...crescendo...
Tornou-se um rapaz, bonito, estudioso, simpático (às vezes um tanto rebelde)
Mas um cara legal!
Carinhoso!
Sempre dava nos sobrinhos o tradicional cheirinho na cabeça.
Achava isso muito legal!

Mas um dia, o cupido fisgou seu coração...
E pela vizinha, lá do lado, se apaixonou.
O tempo passou e essa paixão se fez amor.
Levado por esse sentimento bonito.
Você nos deixou e seguiu seu caminho...E para distante seguiu seu destino.

Hoje, fico feliz por você!
Porque sei que está feliz!
E isso é o que nos importa!
Neste dia mano, quero apenas renovar os meus desejos de felicidades!
E que Deus lhe dê muita SAÚDE!
Para assim, você viver a cada dia esse amor maravilhoso que habita seu coração.

Sua esposa é uma jóia RARA! Uma Grande Mulher!
Portanto, trate-a sempre com todo amor e carinho do Mundo.
Afinal ela ama você de paixão!
E hoje, em dia, amor de verdade é raridade.
Nesse Mundo de tanta maldade!
Além de tudo, tem ao seu redor uma família linda e maravilhosa
Que tem por você admiração e respeito.
O que faz da nossa saudade uma certeza
De que você está bem acolhido por ai!



Beijão!

Parabéns maninho!


FELIZ ANIVERSÁRIO!!!


Com carinho da sua mana (chatinha) mas que te ama de MONTÃO!!

EU

Socorro Carvalho



Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...