quarta-feira, agosto 01, 2007

ÉGUA DO PENSAMENTO...PAI DÉGUA!!!



"Você já amou? É horrível, não?
Você fica tão vulnerável.
O amor abre o seu peito e abre o seu coração
e isso significa que qualquer um pode entrar em você e bagunçar tudo.
Você ergue todas essas defesas.
Constrói essa armadura inteira, durante anos, para que nada possa lhe causar mal.
Aí uma pessoa idiota, igualzinha a qualquer outro idiota, entra em sua vida.
Você dá a essa pessoa um pedaço seu, e ela nem pediu.
Um dia, ela faz alguma coisa besta como beijar você ou sorrir, e de repente sua vida não lhe pertence mais.
O amor faz reféns.
Ele entra em você.
Devora tudo que é seu e lhe deixa chorando na escuridão.
E então uma simples frase como
"talvez devêssemos ser apenas amigos" se transforma em estilhaços de vidro rasgando seu coração.
Isso dói.
Não só na sua imaginação ou mente.
É uma dor na alma, uma dor no corpo, é uma verdadeira dor-que-entra-em-você-e-o-destroça-por-dentro.
Nada deveria ser assim, principalmente o amor.
Odeio o amor".



O SÁBIO E O AMOR


O sol ainda não havia surgido no horizonte,quando uma mulher bateu à porta do casebre. O Mestre meditava, enquanto Nashi, o discípulo, despertava de seu sono.
- Entre, disse o Mestre sem abrir os olhos.

A mulher entrou, observando o interior rústico do casebre.Sentou-se ao lado de Mahatma e disse:- Senhor, preciso de seu socorro.Meu marido me abandonou, trocando-me por outra mulher.Eu o amo muito e não quero vê-lo com outra.

O que devo fazer, Mestre?
Sentindo todo o sofrimento daquela mulher, o sábio abriu os olhos e respondeu:
- Mate-o. Se ele não viver contigo, não viverá com outra.

Nashi, o discípulo, por pouco não caiu de sua cama. Jamais imaginou que seu Mestre pudesse orientar alguém para o mal, principalmente numa circunstância de fragilidade, como se encontrava aquela mulher.
Sentindo-se aliviada com o conselho de Mahatma, a moça concordou que esta seria a melhor saída para não ver seu grande amor com outra mulher.

O Mestre disse:- Vá à mata, na cachoeira da grande cascata. Lá você vai encontrar uma planta pequena com rosas amarelas. Colha algumas folhas, ferva chá e dê ao seu marido. Não lhe restará mais do que cinco minutos de vida.

A mulher foi-se. Seguiu rumo à cachoeira. Estava decidida a encontrar um meio de acabar com a vida do homem que tanto amava.

Ao chegar próximo à cascata, a mulher viu uma criança de 10 anos, sentada próxima a algumas flores, admirando o bailado de um beija flor.

A criança estava tão fascinada com o pássaro que não notou que a moça a observava, admirada. Assim ficaram até que o beija flor foi-se embora.


Então a moça aproximou-se:- Vejo que você gostou muito do beija-flor!
- Sim! Estou apaixonada por sua beleza. Pena que ele foi embora.
- Por que você não o pegou e o levou consigo? Estava tão próximo de ti!


- Não dona! Não posso tirar a liberdade de uma criatura que nasceu para ser livre, apenas para satisfazer os meus desejos.

Fui feliz enquanto ele bailou para mim e serei feliz sempre que puder lembrar da beleza de suas cores e da graça de seu vôo. Colocá-lo numa prisão seria condená-lo à morte.

Há muita coisa bonita nesse mundo, para que eu possa ver, sem a necessidade de sacrificar tão belo pássaro.
A moça refletiu no que acabara de ouvir. Não colheu as folhas e seguiu para sua casa.

Naquele instante, não muito longe dali, num casebre rústico, um velho de olhos fechados, sentindo o silêncio profundo de seu discípulo, disse:


- O amor verdadeiro é composto de amizade e sinceridade.
O falso amor é feito de amizade, sinceridade e egoísmo.
Feliz é o homem que sabe reconhecer na fraqueza do próximo o limite para o seu egoísmo.
E mais feliz será este homem se souber sentir no egoísmo dos outros,
a luz que ilumina a sua evolução.

Nashi, o discípulo não compreendeu

Autoria Desonhecida

DAS ROSAS, A MAIS LINDA FLOR TEM CODINOME LUCIANA...


O perfume todos querem sentir,
Mas a essência poucos tem
É um infinito jardim
Que encanta Santarém


Não têm vez
Os que desafetam
A candura de sua ternura
E a meiguice do seu sorriso


Se diante de tais
Sabe como fazê-los ver
Os limites da visão,
Diz o que lhes falta ao coração


Fala de amor, de carinho,
De fé, de coragem
De uma vida,
Marcada por superação,


Todos a rodeiam,
Procurando seu amor,
De amiga, de irmã,
De companheira, "diamante"


É como um imã que atrai pecadores
Para o manto de luz que irradia,
Sofredores que necessitam
Da graça de um dia ao seu lado.


Faço parte desse rol
De tantos que a proclama
Alegre porque vive
Entre nós uma Luciana!


Um tipo de rosa Rodrigues
Espécie rara de relicário,
Que a todos desafia dizer
Um simples Feliz Aniversário!!!!


Cesar Sousa

* Poesia que César fez para sua chefa, Rosa Rodrigues, pela passagem do aniversário dela que transcorreu no último dia 26 de julho.

UM CARINHO PARA VOCÊ...


Resplandecente é o seu sorriso, sua alegria...

Única! Faz de sua vida uma paisagem de virtuosas conquistas.

Beleza rara, a iluminar corações, a ilustrar sonhos com mágicos sentimentos.

Irradiante! Jorra ternura, docilidade no sorrir, no falar...em cada gesto.

Assim é você Rúbia!! Um encanto de menina com a magia de uma grande mulher.

Beijos no seu coração miguinha!!

Uma homengem a você,Rúbia, pelo carinho, respeito e admiração que tem pelo meu trabalho.

Com carinho

Socorro Carvalho

* Na foto: Rúbia e o grande Mestre da Televisão santarena Jorge Mário...

Ai que inveja Rúbia! rsrs

*** **********************************************************************************

RÚBIA DISSE...

Puxa, meu amooooorrrr...
Muito obrigada!
Obrigada duas vezes por mim e pelo meu amigo Jorge.
Você me emociona sempre com suas palavras...
Você é um talento. Sou sua eterna fã, te admiro como pessoa, como poeta e como profissional...


Que linda tu és.


Grande beijo

Rúbia Corrêa

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...