sábado, junho 28, 2008

DOSE DE LOUCURA


Na amplidão da noite
Divagam pensamentos e desejos
Sobre a mesa
Taças de cristal, queijo, vinho
Um uma espera infinda...

A ansiedade doma os sentidos
Direciona rumo a um oceano de devaneios...

No papel ensaio de versos soltos
A rima intercalada
Fala de um amor em erupção
Vulcão de carícias
Chama acessa a queimar o coração...

Uma taça de vinho, mais uma, mais outra...
E o pensamento faz flutuar a imaginação
A embriaguez tira o pudor da razão
Despe a sensatez
Faz versos de excitação
Tudo é euforia, poesia.

No ápice da imaginação bandida
Fica ali escondida no peito do poeta
Traquinos gritos de delírios
Na insensatez nua da poética...
Mais um taça de vinho...


Socorro Carvalho

O AMOR NOS FAZ NAVEGAR EM PLENO CHÃO...


A VIDA QUE A GENTE LEVA

Não tenho medo de nada
porque vivo minha vida
como quem sorve uma taça
de preciosa bebida
saboreio lentamente
cada hora, cada dia
nas coisas que tão somente
fazem a minha alegria


Eu te dou um forte abraço
eu canto
eu digo um agrado
tudo pra ver teu sorriso
o teu sorriso é sagrado
e, às vezes, apenas isto
é luz que dissipa a treva



A gente leva da vida, amor
a vida que a gente leva



Leila Pinheiro
Composição: Fatima Guedes
* Hum que delícia de música...
A vida que a gente leva...
Linda música, gosto muitoooo.

Postagens em destaque

Em entrevista, o Poeta e Compositor santareno Renisson Luis Vasconcelos fala de sua arte e do amor que tem por Nossa Senhora da Conceição

Estamos na semana que antecede o Círio 2017 de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Santarém.  Uma semana intensa de preparativos ...