sexta-feira, abril 23, 2010

HOJE É SEXTA –FEIRA!!!

Mais uma semana quase em seu final...

Neste instante, queria fugir dessa realidade e poder navegar num mundo fictício de sonhos e devaneios, mas sem falar de versos, nem poemas.

Hoje, queria apenas fugir das preocupações,
deixar de lado as frustrações e me permitir viver, só um pouquinho...

Hoje, queria um copo com cerveja bem gelada, sentindo a brisa do Tapajós tocando meu corpo, minha pele, fazendo-me relaxar a fadiga do trabalho.

Queria ouvir uma boa música, gargalhar com boas amizades em um canto qualquer.

Ou quem sabe, ver o por do sol lembrando da poesia da vida...

Mas preciso ir pra casa... tenho mil responsabilidades e coisas a resolver.

Além,  de tudo preciso acordar cedo para mais um dia de luta, amanhã não estou de folga.

A cerveja gelada, a brisa do Tapajós, as recordações, o por do sol... fica pra depois.

Agora preciso ir...


Tchau!!



Hoje não estou legal...


Socorro Carvalho

UMA ÓTIMA OPÇÃO PARA O SÁBADO - CINECLUBISMO PRIMEIRA ESTAÇÃO NA CASA BRASIL


As sessões de Cineclubismo Primeira Estação da Casa Brasil de Santarém está de volta. O auditório da Unidade, um espaço para 60 pessoas, vem com tudo, dessa vez com duas sessões especiais com filmes diferentes para dois públicos infantil e adulto, para todos os gostos que vão deixar as pessoas encantadas e surpreendidas, as quais irão gostar muito de conversar depois do filme. Na primeira sessão, vamos de “Luzes da Cidade”, um filme do rei da pantomina, Charles Chaplin, contando a história emocionante e engraçada de um homem pobre que se apaixona por uma florista. Uma obra clássica do cinema mudo, de gênero comédia romântica em preto e branco, que vai encantar o público geral, especialmente as crianças. O segundo filme trata-se de mais uma recente conquista do cineasta Quentin Tarantino, indicado ao oscar desse ano, no qual vai deixar o espectador eletrizado do início ao fim. A história se passa na I guerra mundial e conta uma outra versão pelo um grupo de soldados judeos, liderado pelo personagem de Brad Pitty.


Confira mais detalhes, inclusive os horários das Sessões - AQUI

PROJETO RÁDIO PELA EDUCAÇÃO RECEBE ESTUDANTES DE COMUNICAÇÃO

Carlos Joseph - Produzindo o Correio do Aluno

Um grupo de formado por 03 estudantes do Curso de Comunicação Social do Instituto Esperança de Ensino Superior – Iespes, com Habilitação em Jornalismo - estão inseridos no Projeto de Extensão firmado da parceria assinada entre Projeto Rádio Pela Educação e a Instituição.

Carlos Eduardo Colares Joseph, o Carlos Joseph acadêmico do 5º Semestre do Curso de Jornalismo é um dos integrantes do grupo. Desde a semana passada os acadêmicos começaram as atividades. Nessa primeira etapa do Projeto eles farão a observação das atividades junto da Equipe Técnica do Rádio Pela Educação. Claro, acompanhados de perto pela Coordenadora do Rádio Pela Educação e professora do Curso de Jornalismo a professora e jornalista Rosa Rodrigues. Em horários diferentes, Joseph, Jones e Karla executam a carga horária exigida e que deverá ser cumprida pelo Projeto de Extensão.


Carlos Joseph como já exerce a função de repórter na TV Tapajós, já começou a desenvolver algumas atividades dentro do Rádio Pela Educação, entre elas a produção da sessão correio do aluno. Aos colegas, nossas boas vindas!!!

O ROMANTISMO É UMA PRAGA...


Você pode não concordar comigo, mas não canso de observar como o romantismo, hoje quase uma roupagem rosa do idealismo, costuma estragar as pessoas. Segundo a Wikipedia:

O termo romântico refere-se, assim, ao movimento estético ou, em um sentido mais lato, à tendência idealista ou poética de alguém que carece de sentido objetivo.

A realidade, olhe por si mesmo, não é nada romântica. Ela é comum, repetitiva, entediante, medíocre. O que uma maioria vive é só isso mesmo, um medíocre (desas)sossego. E os que se esforçam para ver a vida de forma romântica e idealizada, tendem a se dar mal, porque cedo ou tarde, vão se deparar com a irreparável, irregular e imperfeita realidade. Eu sou um desses, ou melhor, fui.

É preciso ser “muito poeta” para conseguir “enxergar” o belo e o singular no comum e cotidiano. E é bom ter “esses olhos”. A vida fica mais “rica”. Mais repleta de significados. Nada substitui ou paga esse olhar que vê o lado bom das coisas. Desde que você esteja ciente que logo vai “acordar” do sonho e se deparar com as responsabilidades desta vida dura e crua. É bom sonhar, desde que com os pés no chão.

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...