sexta-feira, janeiro 28, 2011

DEIXA-ME...

Deixa-me naufragar no néctar que vem de tuas entranhas...
E no doce do teu mel
Alimentar minha gula de doçura.
Vem ser meu rio..
Deixa-me navegar em teus mistérios
E no remanso do teu desejo
Ser tua louca salvação
No mais absoluto segredo.


Socorro Carvalho

3 comentários:

  1. uau,que picante
    amei^^
    linda poesia,obrigada por esta em meu blog,é um prazer ter vc la.vou te colocar na minha lista de blogs^^
    bençãos e luz^^
    day

    ResponderExcluir
  2. Que lindo!
    Nessas noites de 40 graus aqui no Rio de Janeiro, ler um poema desse incendeia até o ar, rs

    Abraços à todos nessa linda Santarém e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  3. Olá querida...adoreeeeeeeeeeeeei meeeeesmo seu blog...e já estou seguindo...adoro esses poemas...essas coisa...eu adoroooooo.
    bjsssssssssss

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...