quarta-feira, março 16, 2011

VIA LÁCTEA


Meu espaço é infinito
pra constelação do teu desejo,
outrora viajante deste cosmo sedutor.

Deslizei feito cometa
por entre estrelas e asteróides
do teu sistema-coração.

Naveguei em tua órbita
feito satélite de tuas emoções.
Explorei tuas crateras
como cientista de teus caprichos.
Em teus mares mergulhei e me afoguei.
E até deslizei em teu anel soturno...

Até um dia me teletransportar
para outro universo e ficar
sem o sol do teu sorriso...

E agora, na solidão da nave-mãe,
do quarto a anos-luz do teu celeste corpo,
só me resta ver minha via-láctea
derramar-se sobre meus poros
e deslizar entre os meus dedos
até se desmanchar no halo do banheiro,
buraco negro da desmaterialização...

Quantas vias-lácteas
haverei de atravessar
até reconquistar teu colo,
solo de minha paixão?


Jota Ninos - Analista Judiciário e Jornalista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...