MARINA SILVA DEIXA PV EM CRISE E SEM GRANDES NOMES

Depois de três meses em plena guerra interna, a poeira dentro do Partido Verde (PV) finalmente deve baixar. Na tarde desta quinta-feira, em São Paulo, a responsável por alçar a legenda à fama e à conquista de 20 milhões de votos na campanha presidencial de 2010, Marina Silva, anuncia sua desfiliação. E leva junto boa parte do grupo que insistia em reestruturar a legenda. Com isso, José Luiz Penna mantém seu comando sem precisar bater de frente com marineiros insistentes. Mas fica com um partido de imagem arranhada e sem nomes expressivos para as próximas disputas eleitorais.


A saída da ex-senadora já era tida como certa desde que surgiram os primeiros rumores de desentendimento entre ela e o presidente do PV, o deputado federal José Luiz Penna (RJ). O clima interno nunca foi dos melhores. Durante as eleições, integrantes do partido reclamavam dele e exaltavam o estilo pacificador dela. Por outro lado, defensores de Penna começaram a se incomodar com o espaço e os holofotes que ela ganhava. Mas todos negavam haver uma crise, pelo bem


Com a debandada, o PV sai com a imagem arranhada - não foi capaz de coordenar a crise interna - e Marina também perde - fica sem garantia de que conseguirá manter seu capital político até as eleições de 2014.


Fonte: Veja

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!