terça-feira, julho 26, 2011

NOTA DE REPÚDIO DA COIAB CONTRA A REDE BANDEIRANTES DE TELEVISÃO


NOTA DE REPÚDIO DA COIAB CONTRA  A REDE BANDEIRANTES DE TELEVISÃO E AS INVERDADES PROPAGANDEADAS  CONTRA RAPOSA SERRA DO SOL




Raposa Serra do Sol foi uma grande vitória para os povos indígenas de Roraima, da Amazônia e de todo o Brasil.
Foi uma prova da resistência do nosso povo que não se submete ser escravizado, humilhado, subjugado,
que não aceita os seus direitos roubados, inclusive o direito a uma vida digna, dentro de sua terra tradicional, lar de sua gente, por gerações.

Há dois anos, após a decisão do Supremo Tribunal Federal, os povos indígenas de Roraima
vivem acossados pela ganância dos rizicultores, empresários, latifundiários, políticos e toda
uma leva de anti-indígenas, bandeirantes dos novos tempos.

A partir do momento que a Rede Bandeirantes propagandeia informações errôneas,
somos obrigados a reavaliar o papel desse veículo para as nossas comunidades.
Evidentemente, que o direito a informação é sagrado, mas manipular a informação, deturpar a realidade é crime.

Os povos indígenas sempre tiveram um diálogo franco e aberto com os meios de comunicação.
Entretanto, alguns veículos preferem pautar a miséria da população, não somente dos povos indígenas,
mas de toda uma nação excluída de políticas públicas, é o jornalismo do “espreme que sai sangue”.

Na verdade, para a grande mídia, pouco importa quem são aquelas pessoas que sobrevivem
nos lixões de Boa Vista, a esmagadora maioria nem televisão possui para ver como são
manipulados os seus depoimentos. A imprensa edita nossas vidas como se brincasse com marionetes.
O 4º poder e o seu poder de alienação.

Enquanto os magnatas da comunicação, em especial do grupo Bandeirantes correm atrás dos Prêmios Esso ou Pulitzer da vida,
os povos indígenas vivem um quadro de violação de direitos humanos como jamais se viu na história desse país:
o extermínio dos povos isolados na Amazônia Brasileira, as epidemias no Vale do Javari,
a construção do megalomaníaco Belo Monte, a transposição do São Francisco,
a odisseia dos Guarani Kaiowá em busca de suas terras, o sofrimento dos Xavante de Marãiwatsédé
e o abandono dos mais de 230 povos indígenas desse país, são realidades que a mídia não notícia.
Aqui fica o nosso repúdio contra a Rede Bandeirantes de Televisão e sua total falta de compromisso com a verdade.

Amazônia Brasileira, 22 de julho de 2011.

Saudações indígenas,
Coordenação da COIAB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

AH, ESSE AMOR!! AH, ESSE APEGO...

Ela tinha nos olhos um vislumbrar de esperança e no coração sentimentos inesquecíveis. Nas horas tristes escrevia novos versos. Li...