terça-feira, agosto 16, 2011

A COBRA E O VAGALUME


Era uma vez uma cobra que começou a perseguir um vaga-lume que só vivia para brilhar.
Ele fugia rapidamente, com medo da feroz predadora, e a cobra nem pensava em desistir.
Fugia um dia e ela não desistia, dois dias e nada...
No terceiro dia, já sem forças, o vaga-lume parou e disse à cobra:
- Posso lhe fazer três perguntas?
- Não costumo abrir esse precedente para ninguém, mas já que vou comer vc mesmo, pode perguntar...
- Pertenço a sua cadeia alimentar?
- Não.
- Então, por que você quer me comer?
- Porque não suporto ver você brilhar...

Desconheço a autoria



* Em uma das aulas do professor França da Ufopa, ele nos trouxe uma reflexão sobre essa lenda.Na oportunidade fez uma excelente reflexão e eu gostei muito.  É uma mensagem maravilhosa e que serve para um boa reflexão interior.  Quem realmente sou um Vagalume sempre a brilhar? Ou uma cobra rastejante  sempre invejando o sucesso alheio? Pense nisso. Eu, Socorro Carvalho, sou Vagalume, graças a Deus. E você?  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...