terça-feira, agosto 02, 2011

LUTA PELO SIM AO ESTADO DO TAPAJÓS RECEBE APOIO DA DIOCESE DE SANTARÉM

A diocese de Santarém que tem a frente o Bispo Diocesano  D. Esmeraldo Barreto de Farias assume o compromisso de  luta em prol do Estado do Tapajós.

Na última reunião com os padres Dom Esmeraldo pediu  a Comissão de Justiça e paz da diocese,que seja convidado um grupo de advogados para que seja prestada assessoria na construção da Constituição do Estado do Tapajós.

De acordo com o bispo de Santarém,  a Igreja católica quer participar mais ativamente da construção do novo estado, e para isso pretende  avançar a discussão bem mais além do que o plebiscito. Para ele a Nova Constituição precisa dar avanço na soberania da sociedade civil.

Dom Esmeraldo disse ainda que vai levar o assunto para a próxima Assembléia Regional Norte 2 - Pará e Amapá, da Conferência Nacional  dos Bispos do Brasil - CNBB que vai ocorrer em setembro.

Seis dos bispos, entre os 14 que compoem o Regional Norte 2 da CNBB,  fazem parte das duas regiões que lutam pela emancipação .

A expectativa da igreja é que a sociedade civil tome parte ativa nessa construção e que a luta pelo novo estado não fique apenas nas mãos de empresários e políticos.

Fonte: Departamento de Jornalismo da Rádio Rural de Santarém

Um comentário:

  1. Anônimo8:35 PM

    Desde a criação do ICPET – Instituto Cidadão Pró-Estado do Tapajós, há cerca de u mês, várias comissões de trabalho foram criadas e foram sendo estruturadas aos poucos. A CCM – Coordenação de Comunicação e Marketing foi uma das primeiras a se estruturar, reunindo vários jornalistas e publicitários, voluntários, num total de quase 20 pessoas, sob o comando do jornalista Ednaldo Rodrigues (que já acompanha o movimento desde o início) e comigo na vice-presidência, uma vez que Ednaldo ainda acumula a função de Secretário Geral do ICPET.

    A CCM se subdividiu em cinco núcleos de trabalho coordenados por especialistas de cada área para melhor definir as políticas de comunicação de acordo com as diferentes linguagens e meios de comunicação: Rádio (Ormano Sousa), TV (Emanuel Júlio), Impressos (Jota Ninos), Redes Sociais (Paulo Lima) e Marketing (Jonas Meneses).

    Todos os nomes citados já participavam da CCM, entre outros colaboradores como Jorge Cohen, Paulo Tihammer, Augusto Sousa, Daniel Ribeiro, Ronei Oliveira, Luana Leão e Júnior Tapajós, etc. Mas era preciso que alguns desses colaboradores pudessem trabalhar de forma integral, para dar maior suporte aos trabalhos do dia-à-dia do ICPET, que tem uma programação de instalação de comitês em todos os 27 municípios do futuro Estado do Tapajós, o que demanda uma série de atividades e informações a serem repassadas para todos que atuam no instituto, bem como à imprensa e principalmente no nosso site o http://www.simtapajos.com.br, que passa por reformulação.

    Ronilma Santos e Natashia Santana são as duas jornalistas que agora estão contratadas para atuar nessa missão, de forma que as informações fluam nos próximos dias. Outras contratações virão para tarefas específicas, de acordo com a arrecadação de recursos que sempre é um problema. Empresários e políticos já estão fazendo seus esforços para essa arrecadação, e uma proposta inclusive sugerida pela CCM é que a população seja chamada a contribuir inclusive com doações, POIS O SONHO DE CRIAÇÃO DO ESTADO DEVE SER ABRAÇADO POR TODOS e não se tornar o anseio apenas de uma minoria.

    Se todos participarem, inclusive com doações, retiraremos o caráter paternalista ao qual estamos acostumados nesse tipo de campanha, ao mesmo tempo que, pedagogicamente, estaremos quebrando velhos paradigmas e construindo um Novo Estado Novo (contribuição do Edilberto Sena). Falo isso porque já vi colegas criticando essa iniciativa nas redes sociais, como se fosse um acinte a população colaborar financeiramente com a campanha! Temos a chance única de construir um estado de baixo pra cima. Os movimentos sociais organizados e a população, podem e devem contribuir com isso.

    A CCM vai se empenhar para divulgar esta e outras campanhas de esclarecimento, pois muita gente está impaciente de ver a divulgação maciça nas ruas, mas é preciso que estejamos bem estruturados antes de começar uma verdadeira batalha de Davi contra Golias que travamos. Temos que ter bastante munição (no nosso caso, com flores, pois não queremos odiar aqueles que são contra nossa emancipação, já que continuaremos sempre unidos pelos laços amazônidas) quando essa “guerra” realmente começar.

    Queremos SIM, para o Tapajós, SIM, para o Carajás e SIM para o Novo Pará, por uma Amazônia mais forte!

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...